Connect with us

Editorial

A luta contra a dengue continua

Os casos de dengue continuam sendo registrados em Paranaguá e, nesta semana, foi iniciado um trabalho de monitoramento

Publicado

em

Os casos de dengue continuam sendo registrados em Paranaguá e, nesta semana, foi iniciado um trabalho de monitoramento para identificação das regiões com maior número de infestação do mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Nas últimas semanas, a população tem notado um aumento na temperatura, o que também é um alerta para a problemática da dengue.

Anteriormente, entre 2015 e 2016, quando a cidade viveu uma epidemia da doença, muito foi falado pelas autoridades de saúde sobre a adaptação do mosquito na região. O clima quente e úmido auxilia na proliferação do inseto, causando uma preocupação extra para os residentes no município. Ou pelo menos era essa a reação que se esperava da população, um cuidado maior no quesito prevenção.

No entanto, ainda se vê grande quantidade de lixo espalhado pelas ruas, locais que podem ser potenciais criadouros. Além da limpeza dos quintais e terrenos baldios, o que ainda não é feito da maneira como deveria. O que faz com que as autoridades de saúde tenham que pensar em novas formas de combater o mosquito, visto que a conscientização ainda está longe de ser a ideal para manter o município longe da doença.

Portanto, os novos estudos podem indicar dados importantes para enfrentar esse antigo problema em Paranaguá. Essa não deve ser uma tarefa isolada dos órgãos de saúde, cada cidadão é responsável pelo lixo que produz e pela destinação correta. Uma cidade mais limpa e longe de doenças depende da união de esforços entre o Poder Público e a sociedade.