conecte-se conosco

Voz do Rocio

Muita paz para este novo ano!

O tema da paz é sempre recorrente, sempre necessário e faz parte da experiência humana a busca pela paz

Publicado

em

A Festa do Rocio e os nossos aprendizados

Começamos 2022 com muita esperança e fé para que os próximos meses sejam abençoados para todos nós. Nossa intercessão é para que Nossa Senhora do Rocio nos proteja e abençoe durante todos os dias deste novo ano. 

Mas 2022 também é um ano reflexivo para a Igreja Católica, o ano em que devemos pensar sobre “como podemos construir hoje uma paz duradoura?”. Isso porque no dia 01º de janeiro, o Dia Mundial da Paz, o Papa Francisco deixou uma mensagem a respeito de três contextos para refletir e agir durante o ano – “Educação, trabalho, diálogo entre as gerações: instrumentos para a construção de uma paz duradoura”.

Na verdade, o tema da paz é sempre recorrente, sempre necessário e faz parte da experiência humana a busca pela paz. Um exemplo: As Nações Unidas são um grupo de países que se unem para proteger a paz mundial, para buscar a concórdia entre os povos. 

O Dia Mundial da Paz, motivado pela Igreja Católica, tem o objetivo, justamente, de relembrar a importância deste assunto para a humanidade. 

O próprio Jesus Cristo, quando esteve na terra, falou muito sobre isso. Um dia, ele disse aos discípulos: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Não a dou como o mundo”. Ou seja, Jesus prega sobre uma paz que é própria dele, não a que o mundo busca, mas, uma paz diferente. 

Por isso, o Santuário do Rocio, por meio desta coluna que volta a ser semanal, após um período de recesso, quer resgatar para as pessoas a importância da paz. 

Mas… o que é a paz? Um sentimento, um estado de espírito? A paz é fruto de outras situações, por exemplo, posso estar em paz, ou seja, não estar em guerra com ninguém – isso é a paz relacional, nas relações. 

No entanto, a paz mais importante e aquela que eu gostaria de te convidar a refletir junto comigo, é a paz de espírito. Essa é muito mais necessária do que a paz com as pessoas, pois aquele que está em paz no seu espírito, está bem em seu interior, dificilmente entrará em guerra com alguém.

A paz de espírito é a maior necessidade que temos. E onde a encontramos? Através da oração, mas, principalmente, por meio do autoconhecimento. Quando nos conhecemos interiormente, sabemos o que tira a nossa paz, nos tira do nosso centro e, então, conseguimos lidar com essas situações. 

Quanto mais nós nos conhecemos, mais conseguimos controlar nossos pensamentos, nossas atitudes e, desta forma, podemos adquirir a paz de espírito, que é tão essencial. 

Por isso, meu desejo para este novo ano de 2022 é que todos nós venhamos a desenvolver o autoconhecimento, adquirindo paz de espírito e, assim, contribuindo para um mundo com mais paz duradoura para todos. 

Que Nossa Senhora do Rocio olhe por nós. Grande abraço. Deus te abençoe!  

Missionário Redentorista Padre Dirson Gonçalves, reitor do Santuário do Rocio. 

Continuar lendo
Publicidade