Connect with us

Valmir Gomes

LIÇÃO DE VIDA

Ganhei tempo e sabedoria neste domingo ensolarado.

Publicado

em

Ganhei tempo e sabedoria neste domingo ensolarado, li na Revista Veja entrevista da primatóloga e ambientalista JANE GOODALL. As perguntas pertinentes tinham sempre respostas inteligentes. No alto da sua sabedoria e com a experiência dos seus quase 90 anos, JANE deu aula de vida para os leitores. Falou que o meio ambiente só piorou nos últimos cem anos, disse que destruir o mundo natural, só nos traz dores. Na África, a Aids veio do animal, na China, a Covid-19 também. Destruir o mundo natural é a nossa própria destruição. As florestas do Congo e a floresta Amazônica são órgãos vitais do mundo. Se nossa única preocupação for a econômica, teremos o fim da vida na terra, como conhecemos. Campo de concentração para animais, para termos mais carne, representa dor e morte. Os animais possuem sentimentos e personalidade. São iguais a nós. Devastar florestas e grandes áreas para plantio tem respostas da natureza. Creiam: recebi uma lição e compartilho com vocês. Afinal, a vida não é só futebol.

FASE PREOCUPANTE

O jogo foi sábado na Arena e o time do Petraglia venceu por 1 x 0, para ser franco foi um clássico tecnicamente fraco, mostrando para todos o momento da dupla Atle-tiba. Tomara que o Athletico melhore seu rendimento na Libertadores, onde normalmente os jogos são muito disputados e num bom nível técnico. Quanto ao Coritiba, precisa rever seu futebol, está perdendo e jogando mal, sem esperança de dias melhores. Na verdade a fase é preocupante, precisam melhorar com urgência.

RODRIGÃO E SASSÁ

No passado recente, o Coritiba errou na contratação do Rodrigão, no campo foi bem, um goleador, na vida, foi tudo menos profissional. Fez tantas que mesmo sendo goleador, foi mandado embora por indisciplina. Dai contrataram o Sassá que era reserva no Cruzeiro e baladeiro como Rodrigão, fez pouco gol e muita festa. Foi dispensado do Coritiba depois da derrota de sábado no clássico. Incrível como os erros se repetem, nem parece um clube centenário.

CAP NA LIBERTADORES

Gente o Clube Athletico Paranaense joga esta noite na Bolívia, em Cochabamba numa altitude de 2500 metros acima do nível do mar. Embalados pela vitória contra o Coritiba o time do Petraglia enfrenta o Jorge Wilstermann, tradicionalmente uma equipe muito competitiva. Começar bem a Libertadores é tudo que o CAP deseja, para que isto aconteça precisa jogar mais do que vem jogando. Boa sorte!

OS LÍDERES DO BRASILEIRO

Começo pelo Internacional, uma surpresa; chego ao Atlético das Minas Gerais, ambos dirigidos por técnicos argentinos. Depois São Paulo, Vasco da Gama, Flamengo, Palmeiras. Estes são os primeiros colocados do Brasileirão. Estamos no início da competição, muita coisa ainda vai acontecer, porém iniciar bem é importante.

OS ÚLTIMOS COLOCADOS

Botafogo, Goiás, Coritiba e Bragantino estão entre os últimos colocados do Brasileirão, precisam reagir com urgência, antes que seja tarde demais. Num campeonato longo, o desgaste é considerável, imaginem para os últimos colocados, que são afetados também pelo fator psicológico.

NOVOS TEMPOS

Parece-me que o sol voltará a brilhar nos nossos caminhos, as coisas começam se definir positivamente. Imagino que o pior já passou, devemos continuar obedecendo à ciência médica para não termos recaídas. Boa sorte, queridos leitores, saúde e trabalho para vocês e familiares.