Connect with us

Valmir Gomes

JADSON DEU SHOW

O Athletico deveria jogar com um possível inimigo direto à zona do rebaixamento, o Vasco da Gama, um tradicional clube do futebol brasileiro.

Publicado

em

JADSON DEU SHOW

O Athletico deveria jogar com um possível inimigo direto à zona do rebaixamento, o Vasco da Gama, um tradicional clube do futebol brasileiro. O jogo começou com o nervosismo que o momento exigia, até que, aos poucos, os paranaenses começaram a se impor. Daí veio a goleada 3 x 0, com um salto na tabela de classificação, Richard, Nikão, Carlos Eduardo e Jonathan, foram os destaques do time de Paulo Autuori. Porém, não podemos esquecer que o experiente Jadson finalmente vestiu a camisa rubro-negra novamente, dando show de bola em poucos minutos. Andar de bicicleta e jogar futebol, quem sabe nunca esquece.

OS ÁRBITROS DO PARANÁ

Árbitro ainda não é uma profissão, são pagos, mas não são profissionais. Porém, isso é outra história, agora vou dedicar este espaço para lembrar os árbitros paranaenses com destaque nacional. Paulo Roberto Alves Junior, Leonardo Zanon e Rodolpho Toski Marques estão com prestígio nacional, apitam seguidamente as rodadas do Campeonato Brasileiro, sempre com boas atuações. Na esteira destes nomes temos outros árbitros do Estado no mesmo caminho. É questão de tempo para se destacar. Este momento da nossa arbitragem, se deve muito à direção da Federação Paranaense de Futebol, seu presidente Hélio Cury e seu diretor do departamento de árbitros, Afonso Vitor de Oliveira. Competência e seriedade de anos, resultaram em um departamento de árbitros da maior qualidade possível.

O TÉCNICO MOZAR

O garoto Mozar Santos Batista Junior foi um jogador de sucesso, das categorias de base do Paraná até a Seleção Brasileira, sempre com destaque. Depois jogou em grandes clubes do Brasil e da Europa. Estudioso, foi agregar seu conhecimento sobre futebol, com alguns cursos internacionais e nacional. No Coritiba, como auxiliar técnico, falavam maravilhas do seu trabalho, porém como prata da casa, não teve oportunidade no time principal. Foi quando recebeu proposta do Centro Sportivo Alagoano, o tradicional CSA das Alagoas. Com seu trabalho qualificado, recuperou o time estando às portas da zona de classificação. Sem dúvidas está nascendo um competente e vitorioso treinador, estou na torcida pelo sucesso do jovem e talentoso Mozar.

OBRIGADO SANTAS MULHERES

Não tenho a pretensão de escolher os melhores, porém devo destacar algumas pessoas pelo trabalho e dedicação durante este ano de epidemia. Como não lembrar as mulheres médicas, enfermeiras, atendentes, serventes, telefonistas, dos Postos de Saúde e dos Hospitais e Centros Médicos, algumas pagaram com a vida sua dedicação em salvar vidas. Obrigado, santas mulheres.

FÉRIAS E SEGREDO

Vou tirar uns dias de férias, devo voltar dia 6 de janeiro para contar a história das finais do Campeonato Brasileiro da primeira e segunda divisão a vocês. Claro que vou estar acompanhando os jogos e seus resultados. Vou contar um segredo para os leitores, fazer esta coluna me obrigou a ouvir e assistir ao noticiário de rádio e TV, ler alguns livros e muitos jornais. Isto me deu subsídios, me ocupou e me deu cultura. Ainda dei minhas caminhadas, o que faço há anos. Além disso, minha fé e minha religião foram importantes nos piores momentos. A família e os amigos também me ajudaram e muito. Me manter ocupado, mesmo com falta do trabalho normal, foi uma dádiva divina. Conto para servir de exemplo. Mente desocupada oficina do mal. Esta coluna ajudou a me ocupar. Gracias, mi querida.

Leia também: NATAL DIFERENTE