Connect with us

Valmir Gomes

A entrevista do Ronaldinho Gaúcho

Quando soube que o Ronaldinho Gaúcho iria dar sua primeira entrevista.

Publicado

em

Quando soube que o Ronaldinho Gaúcho iria dar sua primeira entrevista depois da prisão no Paraguai, fiquei na esperança de fatos. Nada de novo, nem uma frase de efeito, tudo como dantes no Castelo de Abrantes. O grande atacante que encantou o mundo do futebol pouco sabe da vida e das suas artimanhas. É um meia esquerda de largos recursos técnicos, sua habilidade com a bola é fato elogiado no mundo inteiro. Exigir mais do garoto prodígio é pedir mais do que ele possa nos dar. Assim caminha a humanidade. Ronaldinho, todos dizem, é gente boa incapaz fazer o mal ou pensar o mal. Veio ao mundo para divertir o grande público do futebol, e se divertir nas baladas da noite. Aliás, para Ronaldinho, o mundo é uma festa de dia nos campos de futebol do mundo, a noite nas pistas de danças do mundo. Esta é sua vida, toda vez que quis fazer diferente disto, acabou sendo driblado. Os exemplos são inúmeros. A tabela com seu irmão nem sempre dá certo. Falta sincronia, um quer se divertir e nada mais, o outro ganhar dinheiro. Na entrevista de Ronaldinho faltou conteúdo! Bem, ele não é um intelectual da vida, ele é apenas um mago da bola.


Marcelo Araxá

O Carlos Marcelo Luís de Souza ganhou o apelido de Marcelo Araxá porque era um insinuante atacante da cidade de Araxá. Ele nem sabe disto, vi ele jogar inúmeras vezes, sempre com boas atuações. Como comentarista, só me restava elogiar aquele veloz ponteiro com drible e faro de gol. Assim foi no Athletico, Londrina, Bandeirantes, no meu querido Rio Branco, e em tantos clubes que ele atuou nas décadas de 90 e início 2000. O preparador físico Robson Gomes, que trabalhou com ele em vários clubes, só tem palavras de elogio a sua conduta. “Hoje jogaria em qualquer clube da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, ousado, driblador, e com faro de gol. No Rio Branco compôs um ataque arrasador, Marcelo Araxá, Osmar, Tostão e Irá. Nos ajudaram a ser campões e subir de divisão.” Marcelo Araxá já fez de tudo no futebol, hoje é Secretário de Esportes da Prefeitura de Araxá.

Foto: PM Araxá

Está fazendo uma tabela muito proveitosa com o Prefeito Aracely de Paula, em benefício da sua cidade. Araxá faz bem. Sorte ao pequeno gigante Marcelo Araxá.


Dia do goleiro

Vocês sabem disto: o goleiro não tem o direito de errar, é na verdade um herói esquecido de muitas vitórias e títulos. Domingo foi o dia do goleiro, lembrei do Bruno Dalago, goleiro do União – campeão da Copa Litoral Mário Roque, do Gilberto, do Cruzeiro de Morretes, vice-campeão e do Edson Borracha ídolo do Rio Branco e da cidade de Paranaguá. Salve meus guapos, saúde e vida longa para vocês.