Connect with us

Paraná Produtivo

Pista nova

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, terá uma pista completamente nova nos próximos anos.

Publicado

em

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, terá uma pista completamente nova nos próximos anos. Ela será paralela à atual, com pelo menos 3 mil metros de extensão, e permitirá pousos e decolagens sem conexões para os EUA e Europa com aeronaves de grande porte. A Secretaria Nacional de Aviação Civil decidiu incluir a obra no novo edital de concessão do aeroporto depois de articulação do Estado e dos setores industrial e empresarial do Paraná. A publicação original não exigia a pista.

Turismo e comércio exterior
O prazo de implantação será de 60 meses após o início do contrato de exploração do terminal, cuja licitação está prevista para ocorrer no fim de 2020. Com a nova pista, as aeronaves poderão operar no Afonso Pena com a ajuda de sistema de pouso por instrumentos. O governador Ratinho Junior destacou que a nova pista vai potencializar os voos em um dos aeroportos mais modernos do Brasil e será fundamental para o aumento gradual do turismo e do comércio exterior no Estado. A concessão do Afonso Pena é parte de um planejamento logístico mais robusto, composto, ainda, pelo novo Anel de Integração, extensão das ferrovias e concessões portuárias.


Saúde Tech PR
O edital Saúde Tech PR, iniciativa do Estado e Senai, recebeu 76 propostas de empresas interessadas em desenvolver produtos e tecnologias para ajudar no combate ao covid-19. Os projetos aprovados receberão até R$ 1,4 milhão e serão desenvolvidos nos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação e com apoio dos seus profissionais. As empresas escolhidas poderão empregar os investimentos para despesas com horas técnicas das equipes dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação; contratação de bolsistas no apoio técnico aos projetos; serviços de técnicos especializados de diferentes naturezas relacionadas ao objeto do projeto; matérias primas, insumos e materiais; e softwares, licenças e serviços de nuvem.



Portos do Paraná
A União renovou com o Estado o Convênio de Delegação para a exploração dos portos de Paranaguá e Antonina. O convênio venceria apenas em 2026. Porém, com esta assinatura antecipada, investidores, usuários e demais parceiros têm segurança jurídica pelo menos para os próximos 31 anos. O Paraná foi o primeiro estado a receber autonomia para administrar contratos de exploração das áreas dos portos. O pedido para antecipação foi protocolado no Ministério da Infraestrutura no primeiro semestre de 2019.

Dia das Mães
A Confederação Nacional do Comércio estima que a crise provocada pelo novo coronavírus vai acarretar uma queda histórica do volume de vendas no varejo, no Dia das Mães de 2020. A CNC projeta um encolhimento de 59,2% no faturamento do setor na data considerada a segunda mais importante no calendário varejista. Segundo o presidente da CNC, José Roberto Tadros, a projeção de queda por causa da pandemia ficou acima das perdas estimadas para a Páscoa (-31,6%). De acordo com a CNC, o ramo de vestuário e calçados é o que apresenta a maior expectativa de encolhimento, com queda de 74,6%, seguido pelas lojas especializadas na venda de móveis e eletrodomésticos, com perda de 66,8%, e pelo segmento de artigos de informática e comunicação, com retração de 62,5%.

Close up on female hands holding a gift in a pink heart presents for valentine day, birthday, mother’s day. Flat lay. Symbol of love. Valentines day background with a gift boxes on concrete board.


Recorde
A Ferroeste fechou abril com desempenho histórico. A companhia bateu recorde de movimentação do volume transportado da região Oeste. Foi o mês com a maior movimentação da história, chegando a 160 mil toneladas transportadas – o melhor resultado tinha sido alcançado em abril de 2019, com 115 mil toneladas. As maiores cargas transportadas foram soja e contêineres refrigerados com frango para exportação via Porto de Paranaguá e de fertilizante e cimento para a cidade de Cascavel. Este recorde de movimentação foi obtido já no primeiro mês de atuação conjunta entra a Ferroeste e a Rumo.

Produção de açúcar
O primeiro levantamento da safra 2020/21 de cana-de-açúcar do Brasil indica que o setor deve destinar mais cana para a produção de açúcar do que na safra passada. A expectativa é de que sejam produzidas 35,3 milhões de toneladas, com um crescimento de 18,5% em relação ao da última safra e que teve encerramento em março. A estimativa é do levantamento da da Conab. O boletim prevê uma colheita de 630,7 milhões de toneladas de cana, diminuição de 1,9% com referência à safra 2019/20. A região Sudeste, principal produtora do país, deve reduzir em torno de 2% o seu volume, alcançando 406,6 milhões de toneladas. Já o Centro-Oeste deverá colher 138,9 milhões de toneladas, com uma redução de 1,1%. O Sul deverá ter redução de 2,6% na área colhida e produzir 33,3 milhões de toneladas.

Lençois Paulista-29.05.2008-Usina Zilor em Lençois Paulista,produção de açucar-foto:Niels Andreas

Produção industrial
A produção industrial caiu 9,1% em março, frente a fevereiro, o pior resultado para o mês de março desde 2002. Em relação ao mesmo período de 2019, a queda foi menos intensa, de 3,8%, mas o quinto resultado negativo seguido nessa comparação, o setor industrial acumula -1,7% no ano e -1% em 12 meses, de acordo com a pesquisa do IBGE; A redução de 9,1% observada na passagem de fevereiro para março foi também a mais acentuada desde maio de 2018 (-11%) e levou o patamar de produção a retornar a nível próximo ao de agosto de 2003.

Prorrogação das dívidas
A Secretaria de Agricultura de Santa Catarina anunciou a prorrogação do prazo de vencimento das parcelas de financiamentos contraídos junto ao Fundo de Desenvolvimento Rural. Segundo o órgão oficial, as parcelas anuais que venceriam em março, abril, maio ou junho poderão ser pagas no dia 3 de agosto de 2020. No entanto, a secretaria afirma que os contratos com vencimento após 30 de junho de 2020 não serão prorrogados, assim como aqueles produtores inadimplentes com o fundo de desenvolvimento por 90 dias ou mais. A medida tem como objetivo minimizar as perdas com a estiagem no estado. De acordo com o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola, Santa Catarina já acumula prejuízos que passam de R$ 436 milhões com a falta de chuvas, principalmente na produção de grãos, fruticultura e bovinocultura de leite.

Plantio da soja
Os contratos da soja em grão registram preços levemente mais baixos na Bolsa de Mercadorias de Chicago. O mercado é pressionado pelo bom andamento do plantio nos EUA. Os contratos com vencimento em julho de 2020 operam cotados a US$ 8,35 1/4 por bushel, baixa de 1,25 centavo, ou 0,14%, em relação ao fechamento anterior. O Departamento de Agricultura dos EUA divulgou relatório sobre a evolução de plantio das lavouras de soja. Até 3 de maio, a área plantada estava apontada em 23%, contra 8% na semana passada. Em igual período do ano passado, a semeadura era de 5%. A média é de 11%. Analistas esperavam um percentual de 21%.


Produção de café
A produção de café da Colômbia diminuiu 28% em abril, atingindo 744 mil sacas de 60 quilos, em comparação com 1,031 milhão de sacas no mesmo mês de 2019, disse a Federação Nacional dos Cafeicultores da Colômbia em comunicado de imprensa. Já últimos 12 meses (maio de 2019 a abril de 2020), a produção de café totalizou 14,006 milhões de sacas, 3% a mais em relação à produção de 13,650 milhões de sacas contabilizada entre maio de 2018 e abril de 2019. Entre janeiro e abril de 2020, a produção cafeeira totalizou 3,601 milhões de sacas, queda de 17% contra 4,347 milhões de sacas no primeiro quadrimestre de 2019. O país sul-americano, maior produtor mundial da categoria dos cafés arábicas suaves lavados, exportou 592 mil sacas de 60 quilos em abril, ante 872 mil sacas no quarto mês de 2019, queda de 32%. Já nos últimos 12 meses, as exportações caíram 1%, para 12,933 milhões de sacas.

Redução na nota
A agência de classificação de risco Fitch reduziu de estável para negativa a perspectiva da nota de crédito do Brasil. A decisão foi divulgada na noite da última terça-feira, 5, e ocorre dois anos depois de a agência ter indicado que não pretendia rever a nota do País. A perspectiva estável significa que a agência pode reduzir a nota do País nos próximos meses ou anos. Atualmente, a Fitch concede nota BB- para o Brasil, três níveis abaixo do grau de investimento, garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública. A perspectiva estável indicava que a nota não seria alterada tão cedo. Em comunicado, a Fitch citou dois fatores para justificar a decisão. O primeiro foi a deterioração das perspectivas para a economia, que vinha num cenário de desequilíbrios fiscais e de baixo crescimento econômico, mas foi agravada pela pandemia do covid-19. O segundo fator foi a tensão política. Segundo o comunicado, existe um “relacionamento volátil” entre os poderes Executivo e Legislativo, que pode prejudicar a aprovação de reformas estruturais depois da pandemia.

Peste suína na Índia
Na Índia já está confirmada a detecção de um surto de peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) no estado de Assam, no nordeste do país. A doença já teria matado cerca de 2.500 porcos, informou o portal norte-americano Feedstuffs, com base em notícias da imprensa indiana. “O Instituto Nacional de Doenças de Animais de Alta Segurança (Bhopal) confirmou o caso de peste suína africana em Assam”, disse o ministro da pecuária, Atul Bora, em entrevista coletiva em 3 de maio. Segundo dados do censo de 2019, havia na época 2,1 milhões de porcos em Assam, estado localizado entre Butão e Bangladesh. Os meios de comunicação da região também estão relatando que o vírus foi encontrado no início do ano em uma vila em Arunachal Pradesh, na fronteira com a China. “Suspeita-se que a doença tenha passado para Arunachal Pradesh e depois chegou a Assam”, disse Atul Boar. 

Redação ADI-PR Curitiba  
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em
www.adipr.com.br.

Continuar lendo