conecte-se conosco

Esperançar

Violência Verbal Contra as Mulheres – Palavras Doem!

Publicado

em

A violência verbal é um comportamento agressivo, caracterizado por palavras que têm a intenção de ridicularizar e humilhar uma pessoa, e anda lado a lado com a violência psicológica, já que a segunda é uma conseqüência da primeira.

Regularmente, a violência verbal, são palavras consideradas banais, mas que, com o passar do tempo, têm o poder de mexer com o nosso psicológico e fazer com que nos sintamos mal, com a autoestima baixa, entre diversas outras consequências. A violência psicológica machuca tanto quanto uma agressão física. Por isso é muito importante identificar quando a discussão ultrapassa o limite do saudável torna-se abuso verbal.

Este tipo de violência verbal pode acontecer através de gritos, com ofensas, julgamentos, insultos travestidos de piadas, bullying e, que têm como intuito principal também desqualificar a vítima. Por isso, é preciso estar bastante atento ao que escutamos, pois, se não houver atenção e não forem tomadas medidas imediatas para combater a violência verbal no dia a dia, seja direcionada a nós mesmos, às pessoas ao nosso redor, ou até mesmo de modo geral a todas as mulheres. No futuro, esta pode causar danos, que em alguns casos são irreparáveis.

As vítimas, principalmente, sempre deverão reconhecer este problema e buscar ajuda de profissionais na área da psicoterapia, como uma forma de tentar impedir que desarranjos comportamentais possam continuar existindo.

Sujeitar-se ao abuso verbal pode ser muito perigoso para ambos, o agressor e a vítima. Com a ajuda de um psicólogo, o processo de buscar as melhores saídas para um entendimento de si e do outro serão sempre satisfatórias.

Uma agressão verbal pode ser tão pior quanto uma agressão física, assim como um silêncio pode magoar tanto quanto uma simples palavra!

Continuar lendo
Publicidade