conecte-se conosco

Polícia

Trio é preso acusado de arrombar chácaras em Morretes

Diversos objetos furtados foram encontrados na casa de um dos suspeitos.

Publicado

em

Marilso Rodrigues dos Santos, de 27 anos, Rafael Nunes Cordeiro, de 27 anos, e Patricia da Silva, de 38 anos, foram presos por policiais militares de Morretes, na noite de segunda-feira, 7, por volta das 22h30, acusados de invadir chácaras na região conhecida como América de Cima.

As equipes verificavam uma informação anônima, repassada por um morador na localidade, indicando um veículo suspeito circulando pela estrada de acesso à região.

Durante patrulhamento pela via, os policiais visualizaram o portão de uma propriedade aberto e vários objetos espalhados pelo chão. A equipe entrou no local e constatou a porta da casa principal arrombada.

Com a chegada de reforço, as buscas foram intensificadas e o veículo, um VW Parati, cor azul, foi localizado. Dentro do carro, estavam os três suspeitos.

Ao realizar revista pessoal, com Rafael Nunes Cordeiro, os policiais encontraram um par de luvas e uma lanterna.

O trio, em um primeiro momento, negou a autoria do arrombamento.

Enquanto identificavam os abordados, os policiais constataram que contra Marilso Rodrigues dos Santos, havia um mandado de prisão em aberto.

Neste momento, Patricia da Silva admitiu que o trio era o responsável pelo delito. A mulher confessou que objetos furtados na chácara estavam escondidos em sua casa, no Rio Sagrado.

Ao verificar a informação, os policiais encontraram eletrodomésticos, eletrônicos, utensílios e outros objetos, furtados em chácaras da região.

Uma espingarda calibre .28 e várias munições intactas e deflagradas, de diversos calibres, foram recolhidas na residência.

Diante dos fatos e do material apreendido, todos os envolvidos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Morretes, onde as providências cabíveis foram adotadas.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta