Connect with us

Polícia

Casa na Vila do Povo servia de ponto de venda de entorpecentes

Casa na Vila do Povo servia de ponto de venda de entorpecentes

Publicado

em

Uma denúncia anônima levou equipes da ROMU – Ronda Ostensiva Municipal, da Guarda Civil, até uma casa, na Vila do Povo, onde estaria acontecendo a comercialização de entorpecentes. A ação da GCM aconteceu no começo da madrugada de quinta-feira, 25, por volta da 1h.

O imóvel suspeito, na Rua Santa Catarina, foi cercado e os agentes entraram em contato com um homem, o qual relatou ser o dono do imóvel. Nos fundos do terreno, a equipe percebeu que a porta de uma outra casa estava aberta.

Nessa residência, os agentes abordaram Luan de Jesus Patrício, de 18 anos. O rapaz estava sentado em um sofá, na sala, onde foram encontradas buchas de maconha e uma balança de precisão, em cima de uma cômoda.

Em outro cômodo, dentro de uma caixa metálica, foram encontradas mais porções e pedaços do entorpecente.

Ainda durante as buscas no interior da casa, os agentes encontraram uma grande quantidade de cocaína, rolos de plástico filme, uma corrente, uma pulseira, um aparelho celular e certa quantia em dinheiro trocado.

Ao todo, houve a apreensão de mais de meio quilo de entorpecentes.

Diante da situação e do material apreendido, Luan de Jesus Patrício recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante.