COB vê com alívio adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021

26 de março de 2020

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou na terça-feira, 24, juntamente com o governo japonês e o Comitê Organizador Tóquio 2020, o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorreriam a partir de 24 de julho de 2020, tendo como nova data limite o verão de 2021 no hemisfério norte.

Com mais de 375 mil pessoas infectadas pelo Coronavírus em quase todos os países do mundo, a decisão foi tomada visando à proteção da saúde dos atletas e de todos os envolvidos no maior evento esportivo do mundo.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB), que havia se manifestado a favor de uma possível alteração de data no sábado, 21, vê com alívio a medida.

“Sempre tivemos confiança de que o presidente Thomas Bach seria capaz de liderar com serenidade e segurança o Movimento Olímpico nesse momento histórico. Os atletas são o centro das preocupações do COB e do COI e, por isso, a comunidade olímpica do Brasil está bastante satisfeita com a decisão”, disse o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, destacando que todos os esforços do Brasil e do mundo devem estar concentrados agora no combate à pandemia. “Estaremos todos nessa luta contra um adversário perigoso. Usando da resiliência, coragem e trabalho em equipe, tantos valores que o esporte nos ensina, seremos capazes de vencer o novo Coronavírus”, completa.

Na reunião de terça-feira, em Tóquio, ainda ficou decidido que a Chama Olímpica permanecerá no Japão por se tratar de uma “luz no fim do túnel”. Os Jogos manterão o nome de Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020.

“Vamos continuar o trabalho de preparação da delegação com base no que já havíamos feito para julho deste ano. Mas, é claro, trata-se de uma situação nova em que temos diversas questões que precisamos buscar respostas. Teremos que replanejar, fazer novos estudos, falar com nossos patrocinadores e fornecedores, conversar com as nossas bases no Japão, entre outros. Seguiremos trabalhando para oferecer uma estrutura de excelência ao Time Brasil”, disse o diretor-geral do COB, o campeão olímpico Rogério Sampaio.

Na segunda-feira, 23, foi enviado para atletas e Confederações um manual com orientação para treinamento e prevenção ao Coronavírus. O Comitê Olímpico do Brasil reitera seu compromisso em participar ativamente e engajar sociedade e atletas nas medidas de prevenção e combate à pandemia.

Com informações do COB

Foto: Ana Patrícia/Exemplus/COB