conecte-se conosco

Educação

IFPR Campus Paranaguá é definido pelo TRE-PR como Universidade Amiga da Justiça Eleitoral

Projeto concede horas extracurriculares a universitários por meio de trabalho voluntário nas eleições

Publicado

em

Foto: Divulgação/IFPR Campus Paranaguá

Na segunda-feira, 16, o Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Campus Paranaguá anunciou que, após publicação do denominado Termo Uniamiga pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), foi definido oficialmente como Universidade Amiga da Justiça Eleitoral. Com isso, estudantes do IFPR poderão se inscrever para o trabalho voluntário nas eleições de 2022, algo que dará direito à concessão de horas extracurriculares para universitários, algo necessário para a conclusão da graduação. 

“Com a publicação do Termo Uniamiga, o IFPR – Campus Paranaguá faz parte do Projeto Universidade Amiga da Justiça Eleitoral. Através desta iniciativa, é possível realizar a concessão de horas extracurriculares para universitários. Os estudantes que se inscreverem como voluntários para trabalhar nas eleições poderão reverter o trabalho realizado em até 60 horas extracurriculares”, detalha a assessoria.

Segundo o IFPR Campus Paranaguá, para os estudantes participarem é necessário realizar o treinamento presencial ou virtual que é fornecido pela Justiça Eleitoral, bem como trabalhar nas eleições de 2022 no primeiro turno e segundo turno (se houver). “É possível se inscrever como voluntária e voluntário pela internet, sem sair de casa, pelo link https://www.tre-pr.jus.br/eleitor/mesario-voluntario/canal-do-mesario“, informa.

A adesão do IFPR Campus Paranaguá ao projeto foi divulgada pelo TRE-PR por meio de publicação no Diário Oficial da União (DOU), através do processo PAD n.º 011042/2020. A iniciativa possui vigência desde o dia 28 de abril de 2022 até 28 de abril de 2027.

Voluntariado nas eleições

Segundo a assessoria do TRE-PR, o trabalho voluntário nas eleições pode ser feito por meio do programa “Mesário Voluntário” que “foi criado com o objetivo de incentivar a adesão ao voluntariado de serviços eleitorais nas mesas receptoras de votos”, detalha. “A Justiça Eleitoral, considerando a importância do tema, realiza, desde 2004, ações nesse sentido. O projeto é focado na ampliação do número de colaboradores da Justiça Eleitoral, de forma consciente e espontânea. Os interessados podem ser universitários ou não, devendo ser qualificados e aptos a desempenhar satisfatoriamente suas atribuições no dia da eleição”, acrescenta a assessoria. 

“O cadastro para mesário voluntário pelo TRE-PR é válido apenas para eleitores do Paraná, para o municípiode alistamento do voluntário. Caso seja eleitor de outro estado a inscrição deverá ser realizada pelo TRE de origem”, finaliza o TRE-PR.

Com informações do TRE-PR e IFPR Campus Paranaguá