conecte-se conosco

Editorial

Campanha busca alcançar a cobertura vacinal

As doses contra a Influenza são administradas todos os anos tamanha a importância da imunização e dos benefícios que oferecem para a população

Publicado

em

editorial

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe e sarampo, que ocorrem de forma paralela em todo País neste ano, está chegando ao fim. Desde o início, os órgãos de saúde têm realizado esforços para mobilizar a sociedade para a importância de tomar as doses recomendadas.

A vacina contra a gripe era reservada para os públicos-alvo no início da campanha, principalmente idosos, crianças e pessoas com comorbidades. Mas, agora, a dose já está disponível para todos os públicos a partir dos seis meses de idade. A proteção é fundamental nessa época do ano em virtude dos dias mais frios e do histórico registro de casos de gripe durante o inverno. Nessa época, os ambientes também tendem a ficar mais tempo fechados, o que propicia a transmissão viral.

Desde o Dia D, a mobilização que ocorreu em todo o Paraná com a abertura das unidades no sábado, dia 11 de junho, às autoridades de saúde percebem um aumento gradual na procura pelas doses recomendadas. Essa tendência precisa permanecer para que seja possível alcançar a meta de vacinados e garantir a cobertura vacinal de um número considerável de cidadãos.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), os municípios com o maior número absoluto de doses aplicadas, até essa semana, são Curitiba (383.355), Londrina (137.213), Cascavel (69.467), São José dos Pinhais (59.747), Ponta Grossa (54.245),  Foz do Iguaçu (46.098), Colombo (39.029), Guarapuava (28.961) e Arapongas (28.841). Nenhum dos municípios do litoral está entre os que mais vacinaram no Estado.

No entanto, ainda dá tempo de ir até uma unidade básica de saúde receber o imunizante. As doses contra a Influenza são administradas todos os anos tamanha a importância da imunização e dos benefícios que oferecem para a população. Que os moradores do litoral compreendam essa necessidade e também possam fazer a sua parte.

Continuar lendo
Publicidade