conecte-se conosco

Editorial

Avanço inabalável da vacinação é a garantia do controle da pandemia

Ainda há uma minoria de pessoas que não completaram ou não iniciaram o esquema vacinal, por descuido ou descaso

Publicado

em

A estrutura disponibilizada pela Prefeitura de Paranaguá desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19 é exemplar, não somente pelo trabalho incessante dos profissionais de saúde na aplicação das doses e na estrutura para imunizar as pessoas na Estação Ferroviária e na caravana “Xô Covid” nos bairros, como também por compreender que o enfrentamento à pandemia possui alicerce no avanço inabalável da imunização. Não se pode relaxar na luta contra o vírus e o principal linha de ataque que possuímos é a vacina, que deve chegar ao braço de todos os parnanguaras. 

Grande parte da população já completou o esquema vacinal contra a Covid-19, seja com as duas doses da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer, ou com a dose única da Janssen. Outra parcela considerável inclusive já está imunizada com três doses contra o Coronavírus. Isso é algo a ser celebrado e essencial para observamos o controle da pandemia, com redução drástica do número de casos, internamentos e mortes em Paranaguá decorrentes do Coronavírus. 

Entretanto, ainda há uma minoria de pessoas que não completaram ou não iniciaram o esquema vacinal, por descuido ou descaso. A eles o pedido tão repetido na Folha do Litoral News: se vacinar é cuidar de si mesmo e dos outros. É pensar coletivamente, nos nossos familiares, amigos, colegas de trabalho e vizinhos. É cientificamente comprovado que é a vacina a responsável pelo controle da pandemia. Entretanto, para que isso prossiga, devemos aumentar cada dia mais o número de vacinados e o prazo de imunização. 

Com o surgimento da variante Ômicron, se acentua também a necessidade da aplicação da dose de reforço (DR) em toda a população. Paranaguá está ciente disso, tanto é que na quinta-feira, 16, anunciou não somente a imunização com a terceira dose da Pfizer, como também da dose reforço da Janssen para os parnanguaras. Portanto, se informe na Folha do Litoral News e nos veículos oficiais do município e Estado, tome a primeira, segunda e terceira dose, bem como quantas doses mais forem necessárias. A vacina é segura, gratuita e eficaz. Não se imunizar traz efeitos prejudiciais tanto no aspecto individual e coletivo.