Connect with us

Pensar Verde

Quem ganhou as eleições norte americanas?

Confesso que não me lembro de ter visto tanta gente apreensiva com o resultado eleitoral norte americano como neste ano de 2020.

Publicado

em

Quem ganhou as eleições norte americanas?

Confesso que não me lembro de ter visto tanta gente apreensiva com o resultado eleitoral norte americano como neste ano de 2020. Mal entendemos os cálculos eleitorais brasileiros e passamos a fazer contas dos delegados para que o número de 270 fosse ultrapassado e tudo fosse definido. Enfim houve uma definição e devemos refletir sobre as consequências do resultado. Primeiro tivemos nos últimos anos algumas pessoas negando a importância da ciência para a humanidade a ponto de questionarem sobre a forma da Terra, a eficácia das vacinas e a descrença no aquecimento global. Estas pessoas conseguiram ajudar a eleger Donald Trump e outros políticos pelo mundo afora que seguem a mesma linha do empresário.

Defensores de que o nosso planeta seria plano como um disco de vinil devem ter feito cientistas como Newton, Kepler e Einstein revirarem-se em suas catacumbas. As grandes navegações, os fusos-horários e observações do espaço já são o suficiente para rebater os terraplanistas. Já as vacinas são substâncias compostas vírus ou bactérias, vivos ou mortos, ou seus derivados que tem o papel de estimular o sistema imune a produzir anticorpos que atuam contra os agentes patogênicos causadores de infecções. Não tomar as vacinas indicadas pelos médicos em determinados períodos ou situações da vida pode ser fatal.

Vivenciando cada vez mais as alterações climáticas nunca antes registradas pela humanidade com regiões já em situação de estiagem ou de seca e portadoras de comprometimento agrícola, negar que algo está acontecendo não parece ser uma atitude sensata. Evidentemente lembramos sempre que o planeta passou por períodos de extremo calor e frio, porém as nossas ações tem acelerado consideravelmente o aquecimento global.

Mas e o tema das eleições norte americanas? Muitos destes negacionistas ganharam força com a eleição de Trump. Com esta derrota já estabelecida, o planeta ganha pelo menos a esperança de que dias melhores virão com a revisão das mais de 70 leis ambientais revogadas pelo atual presidente e com o esperado retorno dos Estados Unidos para o Acordo de Paris.

Por Raphael Rolim de Moura

Leia também: Turismo é a nossa “praia” II

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.