Connect with us

Notáveis

Renata Silva

Publicado

em

Traz, em suas raízes, a herança nordestina. Nascida em Pernambuco, 31 anos, filha de Edilene e Josué, neta do Seu Damião e Dona Maria, foi criada na zona sul de São Paulo, visitou, se apaixonou e fez de Pontal do Sul a sua casa. Hoje, Renata Silva faz a diferença na Ilha do Mel. Sua atuação? Educação no campo!

Ainda criança, quando brincava de escolinha com os amigos e primos, Renata já era a professora. Sua paixão pela educação a levou à graduação de Pedagogia, na Universidade Estadual do Paraná, na qual formou-se em 2018. Ela escolheu ficar alguns anos a mais na universidade pois, além da formação acadêmica, teve a oportunidade de estar nos espaços de decisão institucional e estudantil. Durante 6 anos, ia e voltava todos os dias de Paranaguá empenhada nessa vivência.

Foi nas manifestações de 2013 que teve o seu senso ativista despertado, momento no qual começou a envolver-se em coletivos jovens, que conta terem sido muito importantes para a compreensão da sua negritude e, também, para entender como ela se coloca em diferentes espaços. Dessa inspiração saíram vários frutos: foi conselheira de campus da UNESPAR, participou da criação do Coletivo Feminista Claudia (2015) e, hoje, é Pedagoga do Colégio Felipe Valentim, na Praia de Encantadas, Ilha do Mel. 

Antes disso, teve o seu primeiro trabalho como pedagoga na Ilha Rasa (Guaraqueçaba), durante o início da Pandemia do Covid-19. Renata comenta que a realidade da educação nas duas ilhas é bastante diferente, por conta do acesso à internet quase inexistente na primeira, mas que ambas sofrem de um sério problema: a evasão escolar. É pela mudança desse cenário que ela pretende direcionar a sua carreira. 

“Um dos meus maiores propósitos, pessoais e profissionais, é devolver o que a universidade me ensinou. Trazer a minha bagagem, histórias, vivências e aprendizados para essa mesma cidade que faz parte da minha formação. E sempre entendendo, de fato, o meu papel como educadora e aprendiz.”. Como uma eterna aprendiz, a sua área de pesquisa, que está em desenvolvimento constante, é sobre a influência do movimento negro na educação.

O conselho que deixa parafraseia Paulo Freire: “Ser capaz de recomeçar sempre, de fazer, de reconstruir, de não se entregar, de recusar burocratizar-se mentalmente, de entender e de viver a vida como processo, como vir a ser…”, e ela completa dizendo que todos podemos fazer muito pela educação compreendendo o valor dela em nossas vidas.

Roberta Schneider

Siga @notaveismulheres no Instagram!

Leia também: Kátia Regina Muniz Santos

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.