Connect with us

Educação com Ciência

O caminhar para a saúde mental

A prática regular de atividades físicas promove a manutenção da mobilidade

Publicado

em

A prática de exercícios ao ar livre teve uma drástica redução em decorrência do isolamento social. Opiniões médicas se dividem em relação a realização de caminhadas e corridas em ruas e parques. Porém, há de se afirmar que seus benefícios são significativos à saúde mental e física dos seus praticantes.

A prática regular de atividades físicas promove a manutenção da mobilidade, motricidade, fortalecimento muscular e postura corporal, além de promover relaxamento. Uma simples caminhada, de 20 a 30 minutos, melhora o sistema cardiovascular e diminui os sintomas de estresse e ansiedade.

Em idosos a prática da caminhada preserva ainda a capacidade funcional cognitiva. Testes neuropsicológicos realizados com idosos em um estudo norte-americano, demonstraram que um grupo que tinha como rotina diária o caminhar, apresentavam melhora na memorização de fatos, acuidade mental, velocidade no processamento de informações e concentração.

Nesse sentido, faz-se necessário pensar em algumas atividades que possam ser realizadas sem acarretar riscos, respeitando as orientações de distanciamento social.