Connect with us

By Regina Lucia Corrêa

Princesa Beatrice se casa em segredo na frente da rainha e mais 20 convidados

O evento ficou mais intimista do que o planejado

Publicado

em

O evento ficou mais intimista do que o planejado

O Casamento

A princesa Beatrice de York, renunciou a um casamento real público e fez uma cerimônia privada em Windsor no dia 17 de julho, com o empresário Edoardo Mapelli Mozzi, e teve uma série de detalhes curiosos e emocionantes, como traje, pajem e alianças.

Para a ocasião exclusiva, a noiva surpreendeu a todos emprestando um vestido especial da avó, rainha Elizabeth II

De acordo com um comunicado de imprensa do Palácio de Buckingham, a roupa deslumbrante de Beatrice é um vestido vintage do próprio armário da rainha. Desenhado por Norman Hartnell, o requintado vestido de marfim é feito de tafetá Peau De Soie e adornado com cetim. Com mangas de organza e um corpete com aplicações de pedras e geométricas, o vestido não deixa nada a desejar.

Para tanto os estilistas Angela Kelly e Stewart Parvin, que trabalham regularmente com a rainha, recriaram o vestido, fazendo um encaixe para garantir que parecesse perfeito para a noiva. O vestido foi usado pela primeira vez para pela rainha Elizabeth II na estreia de Lawrence da Arábia no Odeon em Leicester Square, Londres, em 1962.

O Palácio de Buckingham anunciou em comunicado que o casamento ocorreu de acordo com todas as diretrizes governamentais relevantes e de distanciamento social em meio à pandemia de Coronavírus. Estiveram presentes familiares próximos da família real, incluindo a rainha, o príncipe Philip e os pais de Beatrice, o príncipe Andrew e Sarah, duquesa de York.

Tradição quebrada

De uns tempos para cá, a nova geração de membros da família real vem deixando de lado alguns protocolos – Meghan Markle e Príncipe Harry talvez sejam os expoentes mais visíveis desse comportamento, com a saída do posto de membros sênior da realeza.

Mas Beatrice também optou por uma inovação!  Como aliança, Mozzi usou um anel de ouro assinado por Josh Collins, mas a noiva escolheu uma joia de platina com diamantes desenhada por Shaun Lane.

Segundo informações da “People”, Beatrice foi a primeira noiva real a não usar um anel com ouro galês desde a rainha-mãe em 1923. Anteriormente, o material foi escolhido por Eugenie, irmã de Beatrice, Meghan Markle e Kate Middleton nas respectivas cerimônias. Por outro lado, a jovem seguiu a tradição de enviar seu buquê para o túmulo de um guerreiro anônimo na Abadia de Westminster.

Poemas na Cerimônia

Filha do Príncipe Andrew com Sarah Ferguson, Beatrice também contou com uma participação especial da mãe na celebração.

A duquesa de York leu os dois poemas prediletos dos noivos, “Soneto 116”, de Shakespeare, e “Carrego comigo seu coração”, do também inglês E.E. Cummings.

O pajem

Aos 37 anos, o noivo Edoardo já tinha um filho antes do casamento, Christopher Wolfie Mapelli Mozzi.

 Apesar de o menino não aparecer nas fotos divulgadas oficialmente, o Palácio de Buckingham confirmou que ele teve papel importante na celebração: foi o pajem e padrinho!

‘Jardim secreto’

Foi dito à revista “Town and Country”, por uma fonte, que o tema escolhido pelos noivos foi “jardim secreto” e, por isso, o casal não economizou em diferentes tipos de flores na paleta rosa. O informante ainda apontou que, embora o casamento tenha sido uma surpresa para o público, estava sendo “planejada há algum tempo” para se ajustar à agenda da rainha – inicialmente, aconteceria em maio, mas foi adiado para uma celebração mais intimista por conta da pandemia.

(Créditos: Instagram, Purepeople, Marilise Gomes, Fotos: Getty Images,  reprodução/instagram, @theroyalfamily, com textos adaptados pela colunista)

Os noivos após cerimônia.

A rainha Elizabeth II e o príncipe Felhip, reparem no vestido real que foi reciclado pela princesa Beatrice para o seu casamento.

Ao ar livre em meio ao décor posam a Rainha Elizabeth II com o príncipe e os noivos.