Connect with us

Trabalho

Paraná mantém crescimento de empregos e totaliza 40.537 em sete meses

Para economista, melhora do setor da construção civil significa que os investidores estão mais otimistas, com planejamento de médio e longo prazo (Foto: Gilson Abreu)

Publicado

em

Em julho saldo foi positivo, com a abertura de 571 novas oportunidades de trabalho, segundo dados do Caged 

O Paraná manteve a tendência de crescimento na criação de empregos. No acumulado de 2019, o Estado abriu 40.537 vagas, sendo a quarta unidade da federação que mais empregou.

Em julho, o saldo de postos de trabalho foi de 571 vagas formais, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na sexta-feira, 23, pelo Ministério da Economia. Os setores que mais empregaram no Estado foram serviços (2.248 novos postos) e construção civil (663).

O Governo do Estado ampliou as ações para induzir a geração de emprego e renda no Paraná. Neste mês, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior lançou o programa Descomplica, que facilita a vida de quem quer empreender e gerar emprego. O programa tem três vertentes: liberação do CNPJ e das autorizações para empresas de baixo risco em menos de 24 horas, soluções para fechamento de empresas e a instalação de um comitê permanente de desburocratização com a participação da sociedade civil.

Também foram reforçadas as iniciativas para atrair novos investimentos produtivos. O principal exemplo é o Paraná Day, evento em que são apresentadas as potencialidades e oportunidade de investimentos no Estado a investidores e empresários. Já foram realizados eventos em Curitiba, São Paulo e em Nova York (EUA). Nesta terceira edição, o Paraná Day reuniu executivos de corporações internacionais que mantêm investimentos globais. A apresentação foi feita pelo governador Ratinho Júnior, na Câmara de Comércio Brasil-EUA.

Outro exemplo é o portal Invest Paraná, criado pela Agência Paraná Desenvolvimento e a Celepar e que concentra todas as informações disponíveis sobre o Estado para facilitar a atração de investidores nacionais e internacionais.

PARCERIA

O secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, destaca a parceria entre o Estado e o setor privado para agilizar e facilitar a contratação de trabalhadores em diversos setores e regiões do Paraná. “Os números demonstram o comprometimento da nossa gestão com a captação de novas vagas de empregos formais por intermédio das agências do trabalhador e em parcerias com o setor produtivo, no intuito de gerar cada vez mais emprego e renda para o trabalhador paranaense, fazendo com que também movimente a economia do nosso Estado”, disse.

CONSTRUÇÃO CIVIL

A economista Suelen Glinsk, do Departamento do Trabalho da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, destaca o reaquecimento do mercado imobiliário como o grande destaque do mês de julho no Paraná. “A construção civil voltou a crescer e a empregar, com um efeito importante dos investimentos privados. Além disso, o setor de serviços representou um avanço considerável”, ressaltou.

Para a economista, a melhora do setor da construção civil significa que os investidores estão mais otimistas, com planejamento de médio e longo prazo. “Isso alavanca também outros setores porque se trata de um setor que demanda muita prestação de serviços”, explicou.

CIDADES

Curitiba liderou o ranking da geração de empregos em julho, com 2.684 postos, seguida por Cascavel (476), Pato Branco (1.925), São José dos Pinhais (358), Pinhais (221) e Paranavaí (219).

DADOS NACIONAIS

Pelo quarto mês consecutivo, o emprego formal cresceu no Brasil. O Caged mostrou a abertura de 43.820 vagas de trabalho com carteira assinada em julho, um crescimento de 0,11% em relação a junho.

Também houve crescimento no emprego se considerados os resultados dos sete primeiros meses deste ano. De janeiro a julho foram abertas 461.411 vagas formais, variação de 1,20% sobre o estoque. Em 2018, no mesmo período, as novas vagas tinham somado 448.263.

Nos últimos 12 meses, o saldo ficou positivo em 521.542 empregos, variação de +1,36%. Assim como no acumulado do ano, os últimos 12 meses tiveram crescimento maior do que no período anterior. Em 2018, o saldo tinha ficado positivo em 286.121 vagas.

 

Fonte: AEN

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.