conecte-se conosco

Infraestrutura

Prédio centenário do Mercado do Café passa por reformas

Mercado do Café está funcionando parcialmente.

Publicado

em

O Mercado Municipal do Café, construído em 1914, está passando por reformas. Toda a parte central está fechada com tapumes desde o dia 14 de junho para troca do telhado. O atendimento acontece de forma parcial na parte de dentro do prédio.

Os permissionários estão na expectativa para que as obras sejam concluídas o mais rápido possível em função do elevado fluxo turístico. De acordo com os técnicos da prefeitura que atuam no local, o mercado vai receber nova cobertura com chapas de policarbonato em bronze para que seja mantida a luminosidade natural, será refeita também toda a parte elétrica por causa da instalação de climatizadores com cortinas de ar. 

Para o permissionário Guaraci Maristani, a obra veio em um momento importuno.

“Nós esperamos o ano inteiro pelos meses de junho e julho, por causa da Festa da Tainha e do aniversário de Paranaguá. Nesta época, o movimento de turistas aumenta bastante. Além disso, também estamos em meio aos jogos da Copa do Mundo. Reconheço a importância dos trabalhos e espero que tudo seja concluído antes do encontro de motociclistas”, apontou. 

O permissionário Sergio Kubo enfatizou que as reformas são importantes pelo fato de o local apresentar movimento turístico, mas lamenta o momento em que estão sendo realizadas.

Já o permissionário Arnaldo Silveira, que tem seu box na parte externa do mercado, ressaltou que o ar-condicionado vai ser muito bom no verão. “Nossa cidade é quente e quando chegar o verão os visitantes vão se sentir muito melhor vindo em um ambiente mais fresco e arejado”, ressaltou. 

A prefeitura informou que as obras devem ser concluídas em agosto. Enquanto isso, os bailes de fandango estão sendo realizados no Mercado Nilton Abel de Lima. 

CAFÉ DA MANHÃ

O Mercado do Café de Paranaguá é uma tradição na vida da comunidade, sendo citado pelos frequentadores como o ponto turístico mais visitado da cidade. Das 6h às 17h, passam pelo mercado centenas de pessoas, sendo que a maior parte é formada por parnanguaras atraídos pelo sabor dos pastéis oferecidos no local.  O que mais atrai o público até o local são os pastéis servidos com café com leite. 
A fama do mercado ressoa longe. Muitos turistas vêm de outras cidades para conhecer o local que tem fama de servir os melhores pastéis com variados recheados. O bolinho de banana é outro chamariz que ganha destaque no paladar daqueles que visitam o local. 

PRÉDIO HISTÓRICO 

O prédio do Mercado do Café é um exemplar de arquitetura clássica do final do século XIX, um misto de Art-Nouveau (nova arte) com Classicismo, todo em ferro fundido trabalhado em arco e rendilhados. Ele teve início especificamente na França na década de 1890 e prevaleceu em destaque até o final de 1920 (período em que o Mercado do Café foi construído). 

As influências do movimento Art-Nouveau chegaram ao Brasil no começo do século XX, tendo como focos principais a pintura decorativa e a arquitetura. O movimento foi mais popular na Europa, porém sua influência foi global e esteve muito em evidência no período conhecido com Belle Époque.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta