Connect with us

Infraestrutura

Governadora e ministro dos Transportes entregam dragagem e ampliação do TCP

Terminal ampliará em 60% sua capacidade de movimentação

Publicado

em

A governadora Cida Borghetti e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, estiveram em Paranaguá na manhã de quinta-feira, 22, para a entrega das obras de dragagem do Canal de Acesso ao Porto de Paranaguá e de expansão do novo cais de atracação de navios da TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá.

Expansão do cais garantirá atendimento simultâneo pelo TCP de três navios de grande porte 

A solenidade foi realizada no berço 218 do Cais do Porto de Paranaguá. Com o aumento da profundidade, em média de 1,5 metro, cada navio graneleiro que atraca no Porto poderá embarcar até 10,5 mil toneladas a mais. O TCP passará dos atuais 879 metros para 1.099 metros de extensão e de 40,75 metros para 50 metros de largura. O terminal ampliará em 60% sua capacidade de movimentação, que passará de 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões.

 

[videoyoutube]FVg524xST4s[/videoyoutube]

 

Cada navio graneleiro que atraca no Porto poderá embarcar até 10,5 mil toneladas a mais

 

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, afirmou que os portos do Brasil passaram muito tempo sem manutenção de dragagem. “Isso tira a competitividade do produto brasileiro no mercado. As dragagens que estamos entregando são importantes para que a gente volte a ter competitividade, podendo receber navios maiores, diminuindo o custo de frete e aumentando nossas exportações”, considerou. “O Porto de Paranaguá é o 2.º maior do País. Temos um transporte muito forte de grãos, contêineres. É um crescimento extraordinário. Temos que considerar isso não só em Paranaguá, como em todos os portos do País”, completou Casimiro.

Segundo o ministro, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está em parceria com o Porto de Paranaguá para poder melhorar o acesso ao porto. “Quem passa pelo acesso ao porto vê que precisa urgente de melhorias para diminuir os gargalos. Essa parceria já está em via de ser assinada. Serão quatro viadutos construídos e acredito que ainda em dezembro seja assinada essa parceria para viabilizar as obras”, afirmou.

Governadora Cida Borghetti e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, assinaram um convênio para construção de quatro trincheira

 

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, durante o evento, ressaltou a importância de Paranaguá para todo o Estado. “Para o Estado do Paraná, Paranaguá é de extrema importância, por ser um Estado agrícola e com grande produção de grãos, os quais passam pelo porto. A possibilidade do aumento do calado faz com que navios ainda maiores cheguem a Paranaguá e gerem aumento da carga, movimento na economia portuária, no agronegócio, distribuindo os produtos ao mundo todo, bem como melhorando a arrecadação”, afirmou a governadora, ressaltando também que o Porto de Paranaguá é o segundo maior da América Latina e enfocando que em parceria com o Governo Federal está realizando a revitalização da Avenida Bento Rocha e a construção de um viaduto no KM 5 da BR-277. 

“Isso já é uma realidade. As obras estão acontecendo e hoje assinamos um convênio para construção de quatro trincheiras que irão reorganizar o tráfego e a movimentação de carga e caminhões”, finalizou a governadora.

O diretor-presidente da APPA, Lourenço Fregonese, ressaltou que a empresa pública na próxima semana assinará um contrato para manutenção da profundidade do calado. “Estamos contratando para os próximos cinco anos o que vai garantir 20 milhões de metros cúbicos de dragagem. De nada adiantaria fazer a dragagem de aprofundamento sem mantê-la”, afirmou. “É uma honra entregar todas as obras. O Porto de Paranaguá não é o maior do Brasil, mas com certeza é o melhor. A comunidade portuária e os trabalhadores são parceiros da APPA, que é séria e investiu R$ 1 bilhão em recursos nos últimos oito anos em melhorias e a iniciativa privada investiu mais R$ 4 bilhões. Isto significa que a credibilidade e o trabalho estão em alta”, complementou.

 

TCP

“Isto nos enche de orgulho, por também ratificar diretrizes de política de desenvolvimento portuário”, afirmou o diretor superintendente Comercial da TCP, Juarez Moraes e Silva

 

O diretor superintendente Comercial da TCP, Juarez Moraes e Silva, comentou a importância da obra. “Um dos avanços é operacional, pois conseguiremos atender três navios de grande porte simultaneamente. Com 220 metros, somados aos 889 que havia, vai praticamente para 1.100 metros de cais”, destaca. “Outro significado é a primeira renovação antecipada de contrato de arrendamento em área pública entregue no Brasil. Prorrogamos o contrato de 25 para 50 anos, com compromisso de R$ 600 milhões de investimento e estamos entregando a primeira fase que era prevista para o ano que vem”, afirma Moraes e Silva.

 

“Isso nos enche de orgulho, por também ratificar diretrizes de política de desenvolvimento portuário. A nossa parte está entregue e bem feita e mais uma vez Paranaguá e o Paraná mostram sua competência. Esta obra agregou 1.100 empregos, mais de mil que a gente já tinha, além de aumentar nossa capacidade”, destaca Juarez Moraes e Silva.

 

O diretor elogiou a dragagem de aprofundamento do canal do Porto de Paranaguá feita pela APPA. “Paranaguá está entre os portos globais com o que a navegação internacional exige”, detalha, ressaltando que o custo operacional e o tempo de embarque de mercadorias são reduzidos com o aumento do canal. “É ganho direto de produtividade para a cadeia produtiva da América Latina e do Brasil. A felicidade é imensa, cumprimos um ciclo aqui de 10 anos, talvez seja o momento mais feliz da minha vida fazer parte desta história”, finaliza, ressaltando a importância da parceria com a China para trazer ainda mais investimentos. 

O presidente da TCP, Luiz Antonio Alves, em seu pronunciamento, atribuiu a conclusão desta etapa à união de esforços e aos investimentos aplicados. “O aprofundamento do porto tem um impacto muito positivo aos importadores e exportadores do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e de mais Estados da região Sul. Uma conquista importante como esta só é obtida com uma conjunção de forças, os trabalhos foram realizados com um investimento de R$ 400 milhões, aproximadamente, a cargo do Ministério dos Transportes. Em um período em que se cobra tanto das autoridades, faço questão de saldar a competência das equipes envolvidas”, mencionou Luiz Alves.

 

AUTORIDADES

O prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, afirmou que a entrega é um investimento para o município e também uma geração de emprego e renda nesta primeira fase da ampliação. “Haverá a contratação de mais pessoas para trabalhar de forma fixa. O número de caminhões irá dobrar e não podemos deixar de cuidar da infraestrutura, que é uma reivindicação nossa. Tivemos a assinatura da licitação para a construção de quatro passagens de nível na BR-277, que é importante para que tenhamos tranquilidade não só para os caminhões, como para os moradores. Tenho certeza de que mais obras como esta virão a Paranaguá”, declarou.

O presidente da Câmara de Paranaguá, vereador Marcus Elias Roque, ressaltou que a entrega é importante não só para Paranaguá, como para o litoral paranaense. “A longo prazo, navios de grande porte continuarão a estar aqui, com mais cargas e empregos para a população. O litoral todo ganha com isso”, completa. 

“A dragagem é fundamental. Esses navios de grande porte só podem estar no Porto de Paranaguá se a dragagem de aprofundamento for mantida. O novo contrato de dragagem garante a operacionalização do terminal. A obra vai ser concluída e acrescentados mais um milhão de contêineres a serem movimentados ao ano”, afirma o deputado federal Ricardo Barros.

O presidente do Conselho de Administração da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Ogarito Linhares, ressaltou a importância da entrega das obras. “Para o Porto de Paranaguá é uma obra fundamental, o porto é canal, é profundidade, é o tamanho do navio, à medida que isso cresce, cresce também o trabalho, o dinheiro que circula na cidade. Para os portos brasileiros fica a importância de ter um porto do padrão de Paranaguá que vira referência mundial e eleva o padrão dos outros a nível mundial”, destacou Linhares.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.