Uso da tecnologia faz com que estudantes esqueçam os livros?

11 de março de 2020

Uma reportagem da revista Veja ressaltou que o uso da tecnologia está fazendo com que os estudantes esqueçam os livros. A publicação aponta que a principal fonte de leitura dos jovens são mensagens de texto e redes sociais. A matéria foi baseada em uma pesquisa feita pela National Literacy, promovida pela OCDE (organização que reúne as nações mais desenvolvidas do mundo).

No Brasil, uma pesquisa semelhante apontou recentemente que os universitários brasileiros leem de 1 a 4 livros ao ano. A reportagem da Folha do Litoral News levantou o assunto com os estudantes do Ensino Médio do Colégio Estadual Helena Viana Sundin. Os jovens concordaram, afirmando que o vício no celular tem contribuído para a redução da leitura. Confira: 

 

"Os estudantes atualmente ficam somente nas redes sociais. O uso demasiado da tecnologia está fazendo com que esqueçam os livros. A leitura nos traz muito mais conhecimento e aprendizado."

Maria Eduarda dos Santos Ferraz de Campos, 16 anos, moradora no Nilson Neves

 

"Hoje em dia usamos o celular para tudo. Não apenas para trocar mensagens, mas também para ajudar nas tarefas do colégio. Tudo fica mais prático, até as leituras. Com isso, os livros acabam sendo deixados de lado."

Sthefany Strapassol, 16 anos, moradora na Ilha dos Valadares

 

"Estamos perdendo os conhecimentos que existem nos livros por causa do uso do celular. Muitas vezes encontramos na Internet textos que precisamos com uma linguagem mais direta e também mais resumida."

Vinicius Surmani, 17 anos, morador no bairro Ouro Fino

 

"Hoje em dia estamos com pouco tempo para tudo. O livro exige mais tempo. A tecnologia nos trouxe muitas facilidades, podemos pesquisar on-line e ter respostas mais abreviadas. Em livros passaríamos mais tempo procurando."

Bruno de Lima Pires, 19 anos, morador no Vale do Sul