conecte-se conosco

Educação

CMEI Jurandir de Lima promove mostra de cultura afro e indígena

Crianças de 1 a 4 anos realizaram o evento “Gente como a Gente” no Dia da Consciência Negra

Publicado

em

Localizada no bairro Serraria do Rocha, o Centro Municipal de Educação Infantil Jurandir Rozendo de Lima, promoveu na quarta-feira, 20, a mostra “Gente como a Gente”. O evento foi aberto para que os pais pudessem conhecer o trabalho dos alunos sobre as culturas afro e indígena, em virtude do Dia da Consciência Negra.

A escola tem 128 crianças, de um a quatro anos. Cada turma teve um aspecto cultural para aprofundar: vestimentas, instrumentos musicais etc. Em cada sala, os pais conferiram o que os filhos produziram e também entenderam mais sobre as duas culturas. Uma das salas homenageou a sambista Milene Rosa Gomes, uma mulher negra de grande relevância para a comunidade.

A diretora do CMEI, Karime Klingelfuls, que atua há seis anos no local, disse que é importante trabalhar o tema anualmente com as crianças. “Fizemos uma pesquisa com as crianças sobre a cultura afro e indígena, procurando a valorização. Temos várias crianças negras, temos um aluno haitiano, que fala francês e agora está aprendendo o português, essa troca de culturas é muito válida porque inclui a todos. O envolvimento deles é fantástico, é importante que eles saibam que existem essas culturas e nem sempre tem esse acesso. É o pontapé inicial para a conscientização”, contou a diretora Karime.

A educadora infantil, Miriane Calonaci Freitas, trabalha com alunos do Pré I, crianças de três a quatro anos. Sua turma pesquisou sobre instrumentos musicais da cultura afro. “Eles produziram os instrumentos com materiais recicláveis, aprenderam quem trouxe, e tudo isso enriqueceu o vocabulário deles. A gente começa em sala de aula explicando que uma cor é diferente da outra, a gente vê que o preconceito não está na criança, está no adulto”, observou Miriane.

BUSCA DA IDENTIDADE

Para a educadora infantil, Letícia do Rocio Matias Santos, que trabalha com a turma do maternal, foi fundamental as crianças aprenderem primeiro quem elas são.

“Eles perceberam as diferenças de cor de pele, de cabelo, de altura. Abordamos as vestimentas, o uso de acessórios pelos índios e negros, que até hoje são usados”, explicou Letícia.

De acordo com a educadora, é evidente que o preconceito não nasce com ninguém. “Eles adquirem isso no contexto familiar e social, por isso temos que trabalhar, para que eles possam expressar o que são e como são e se defender de momentos ruins. Um dos exemplos que uso é pedir para eles olharem para as mãos, pois cada dedo é diferente, e eles foram entendendo que todo mundo é diferente, mas que todo mundo é lindo da sua forma, cada um tem sua beleza por fora e por dentro”, evidenciou Letícia.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.