Connect with us

Educação

Educação vai ofertar mais 20 mil vagas no Ensino Médio diurno

A maior oferta vai possibilitar que mais estudantes tenham opção entre um dos dois turnos.

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte vai ampliar em mais de 20 mil o número de vagas para o Ensino Médio no período diurno para o ano letivo de 2020. A maior oferta vai possibilitar que mais estudantes tenham opção entre um dos dois turnos, o que hoje não é possível devido à fila de espera por vagas no diurno. A medida será possível graças ao remanejamento de vagas ociosas no período noturno, que registra redução de matrículas e índice de abandono elevado.

Um amplo estudo realizado pela Secretaria Estadual sobre o aproveitamento do Ensino Médio diurno e noturno a partir do Censo Escolar mostrou que os índices de abandono são muito superiores no período da noite. Em 2018, por exemplo, enquanto no período diurno 3,6% dos estudantes abandonaram os estudos, no noturno esse índice chegou a 17,7%.

Em consequência, o número de matrículas para o período também tem caído – em 2015 foram 129 mil matrículas e o ano passado 102 mil. “Observamos que a procura pelo ensino noturno tem caído e, além disso, o índice de abandono é alto. A média dos últimos anos foi de 18%. Diante disso e considerando que temos fila de espera por vagas no diurno, fizemos o remanejamento das vagas. A medida atende uma demanda da comunidade e, ainda, tem efeito direto sobre o abandono escolar”, explica o diretor de Planejamento e Gestão Escolar, Renan Compagnoli.

MAIS QUALIDADE

Além do potencial para a redução do abandono e de ampliar o atendimento nas escolas durante o dia, turno para o qual há fila de espera, o remanejamento de vagas do noturno para o diurno traz também benefícios pedagógicos para o estudante que muda de horário. Os índices de aprovação também indicam o melhor aproveitamento do Ensino Médio diurno: 85% de aprovação contra 65% no noturno.

De acordo com a secretaria, em termos de desenvolvimento pedagógico e grade curricular, o estudante do período diurno dispõe de mais tempo de aula e de maior diversidade de atividades extraclasse, como aulas e projetos desenvolvidos no contraturno.

“O simples fato de o aluno ter mais tempo de convívio com os professores já é um fator positivo. Significa mais tempo de aula, mais aprendizagem. O ensino noturno, idealmente, é uma exceção. Deve ser garantido para aqueles que não têm outra opção, que necessitam trabalhar durante o dia”, avalia o diretor de Educação da secretaria, Raph Gomes Alves.

FUTURO MELHOR

O combate ao abandono escolar e às consequências futuras decorrentes motivou a medida, uma vez que a baixa escolaridade está diretamente ligada à empregabilidade e remuneração. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD 2018), do IBGE, mostram que a remuneração média de quem possui o Ensino Médio completo é 34,5% maior do que aquela de quem não concluiu.

Fonte: AEN/PR

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.