Connect with us

Polícia

Tiroteio em Matinhos termina com dois mortos e uma criança baleada

O carro onde as vítimas estavam foi atingido por vários tiros

Publicado

em

Equipes da Polícia Militar foram acionadas por volta das 21h45 de segunda-feira, 13, por moradores no Balneário Gaivotas, em Matinhos, por conta de disparos de arma de fogo que estavam acontecendo na rodovia PR-412. Desesperados, eles relataram pelo telefone que ouviam rajadas e disparos de arma de grosso calibre.

Imediatamente, várias viaturas foram para o local indicado e constataram o fato.

Na beira da estrada os policiais encontraram dois veículos parados e com várias perfurações.

Em um dos carros, um Fiat Uno, azul escuro, com placas de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, estavam três vítimas. Um casal e uma criança.

Charlene Andressa Kus Maciejewski, de 35 anos, atingida por vários tiros, morreu dentro do carro. Davi Luiz Salustiano Lopes, de 30 anos, também baleado, foi encaminhado em estado grave por uma equipe do Samu – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o PA – Pronto Atendimento, no balneário de Praia de Leste, em Pontal do Paraná, onde morreu.

A criança, que não foi identificada, recebeu os primeiros atendimentos no local e foi encaminhada por uma ambulância do SIATE – Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência do Corpo de Bombeiros, para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento, instalada no Balneário de Praia Grande, em Matinhos. Ela foi atingida por um tiro na perna.

ESCONDIDO

Durante o atendimento da ocorrência e o socorro às vítimas, os policiais foram informados que um homem, que estava em um dos carros envolvidos na situação, fugiu correndo e se escondeu em uma casa nas proximidades. O local foi cercado e o indivíduo abordado.

O rapaz de 22 anos, morador no balneário de Ipanema, em Pontal do Paraná, estava no outro Fiat Uno, atingido pelos tiros. O carro, com alerta de furto/roubo no sistema, estava com uma placa clonada.

Indagado sobre a situação, o abordado disse que estava de carona com um amigo quando o carro foi abordado por uma caminhonete escura e um carro de passeio, de cor branca, possivelmente um Fiat Uno.

Ele relatou ainda, que vários homens fortemente armados desceram dos veículos e começaram a atirar na direção do carro onde ele e o amigo estavam. O outro rapaz também fugiu correndo e não foi encontrado.

Ao consultar o sistema de informações da SESP – Secretaria Estadual de Segurança Pública, os policiais constataram que o indivíduo abordado tinha passagens pela polícia, inclusive por envolvimento em um homicídio.

O rapaz foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Matinhos para prestar outros esclarecimentos.

CALIBRES

No local onde o crime aconteceu, o perito da Criminalística recolheu cápsulas de munição para calibre 12, .380 e .556. Mais de 20 cartuchos deflagrados foram recolhidos.

Após a perícia realizada no corpo de Charlene Andressa Kus Maciejewski, de 35 anos, que morreu dentro de um dos veículos, o local foi liberado e os carros recolhidos ao pátio da PCPR, em Matinhos.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde vai passar por exames complementares. Também foi encaminhado para a sede do órgão, o corpo de Davi Luiz Salustiano Lopes, de 30 anos, que morreu durante o atendimento médico, na unidade de saúde em Pontal do Paraná.

11.° HOMICÍDIO

Com o duplo homicídio registrado em Matinhos, na noite de segunda-feira, 13, sobe para 11 o número de casos na cidade. No litoral, são 41 homicídios registrados em 2020.

Policiais Civis de Matinhos estiveram no local e começaram as investigações.

Os dois mortos seriam moradores na região e o homem teria passagens pela polícia.

Equipes da Polícia Militar fizeram várias abordagens durante a madrugada de terça-feira, 14, mas nenhum suspeito do crime foi preso.

INCENDIADO

Moradores do balneário Albatroz em Matinhos, acionaram equipes do Corpo de Bombeiros, na manhã desta terça-feira, 14, para combater as chamas que consumiam um veículo.

A caminhonete, que pode ter sido utilizada no duplo homicídio registrado na noite anterior, ficou completamente destruída pelo fogo. A carcaça do veículo foi recolhida ao pátio da Delegacia de Polícia Civil.