conecte-se conosco

Polícia

Operação de combate ao tráfico de drogas termina em confronto armado em Matinhos

Em um dos alvos da operação, uma casa no balneário de Currais, em Matinhos, houve confronto com as equipes

Publicado

em

Equipes das polícias Civil e Militar do Paraná deflagraram na manhã da terça-feira, 22, uma operação especial de combate ao tráfico de drogas no Estado. Foram cumpridos 48 mandados judiciais (11 de prisão e 37 de busca e apreensão) para desarticular associações criminosas que gerenciavam a movimentação de entorpecentes na capital, Região Metropolitana de Curitiba e litoral.

Foram presas 15 pessoas, sendo 11 em cumprimentos de mandados de prisão preventiva (destas, seis também foram autuadas em flagrante) e quatro em flagrante. Também foram apreendidas quatro armas de fogo, 87 munições de diversos calibres, R$ 8,3 mil e 5 quilos de drogas como maconha, crack e cocaína.


Investigação 

A operação foi realizada com base em levantamentos feitos pela PCPR e pelo 1.º Comando Regional de Polícia Militar. Ao longo de seis meses, as equipes policiais estiveram nas ruas, buscando informações, identificação de líderes, gerentes, fornecedores e distribuidores que atuavam em pontos de venda, armazenamento e distribuição de drogas. Durante o período, 21 pessoas foram presas, além de duas armas, 170g de cocaína, 2,3 quilos de cocaína e 4,8 quilos de maconha.

As investigações apontaram que o bairro São Francisco era o principal ponto de venda e consumo de drogas de uma organização criminosa. Também foi apurado que os fornecedores estavam instalados em três núcleos: um no bairro Cajuru, em Curitiba, que também alcançava São José dos Pinhais, outro núcleo no município de Pinhais, e o terceiro no Centro de Curitiba.

Confronto 

Em uma das abordagens realizada no balneário de Currais, em Matinhos, equipes do BOPE – Batalhão de Operações Especiais – deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão e de prisão a um casal que coordenava o tráfico no centro da capital. 

Os alvos da ação policial, que estavam escondidos dentro de uma casa, na Avenida Paranaguá, não obedeceram à ordem de abordagem e atiraram contra os policiais. No revide, Andreia Bernarda da Conceição dos Santos, de 47 anos, e Elielton da Silva dos Santos, de 32, foram alvejados e morreram. 

No imóvel onde o confronto aconteceu, as equipes apreenderam duas armas de fogo e munições.

Após a perícia, os dois corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passaram por exames complementares e foram liberados por familiares.

Integração

A operação contou com efetivos da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) do 1.º CRPM, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e da Companhia de Operações com Cães (COC) da PM. Diversas unidades da PCPR estiveram envolvidas na ação, além do grupamento aéreo e cães.

Publicidade








plugins premium WordPress