conecte-se conosco

Legislativo

Câmara aprova projeto que declara o Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá de Utilidade Pública

O presidente do I.H.G.P., Luiz Cezar Rodrigues, foi fundamental resgatar o Título de Declaração de Utilidade Pública para dar continuidade aos trabalhos

Publicado

em

A Câmara Municipal de Paranaguá aprovou no último dia 8 de março, por unanimidade, o Projeto de Lei n.º 5887/2021, de autoria do vereador Welington Frandji (PODE), que declara a Utilidade Pública o Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá – I.H.G.P. Agora, o documento será enviado ao executivo municipal para sanção.

Embora, o Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá seja uma instituição que dispense apresentações, ante sua notória trajetória de mais de 90 anos de serviços prestados à sociedade parnanguara, é salutar atualizar a comunidade acerca das atividades atuais do IHGP, que mesmo em tempo de pandemia, continuou atendendo às necessidades de estudantes e pesquisadores de modo em geral, pelas redes sociais, e por e-mail.

O IHGP possui uma Biblioteca denominada Hugo Pereira Corrêa, que contém mais de dois mil livros, além de jornais históricos e revistas antigas e documentos raros, uma grande maioria digitalizada, tais como, livro de registros do Clube Literário, onde constam as assinaturas de D. Pedro II e da Princesa Isabel.

Seu Gabinete de Curiosidades, denominado de Museu Aníbal Ribeiro Filho, guarda obras raríssimas, como as vestes de Monsenhor Celso, uniformes militares, artigos sacros, porcelanas, pratarias, cédulas brasileiras, um canhão resgatado do corsário que afundou na Cotinga a mais de 300 anos, e outros elementos de raro valor histórico doados por personagens de nossa história e famílias da sociedade parnanguara. Possui ainda o Museu da Imagem e do Som, guarda áudios e vídeos antigos e a própria memória de Paranaguá atual.

“Para a manutenção de todo esse magnífico acervo de valor incalculável da história de Paranaguá, guardada de forma abnegada pelos membros do IHGP ao longo das décadas, torna-se necessário a busca de valores financeiros que contribuam para a manutenção das instalações e a conservação do seu acervo, e neste sentido, foi fundamental resgatar o Título de Declaração de Utilidade Pública”, destaca o presidente do I.H.G.P., Luiz Cezar Rodrigues, enfatizando também o trabalho que está sendo realizado pelo sodalício. “Desde o início da nossa gestão, priorizamos o pagamentos juntos às esferas Municipais, estaduais e federais e também ampliar as pesquisas virtuais como presenciais, praticamente triplicamos as consultas e nossos pesquisadores com a liberdade e com isso estão desvendando personagens da história de Paranaguá, que estavam ignorados, cotamos entre eles Almir Silvério da Silva, Giovani Souza Cabral e Eliel Ignacio da Silva, que apesar da pandemia sempre estão literalmente “devorando livros, analisando jornais e revistas” sempre bem orientados pelo Dr. Carlos Lobo e Dr. José Maria de Freitas, o nosso “Guru” do IHGP, e também  destacando as pesquisadoras Priscilla Onório Figueira e Sónia Machado, que ilustram nossa coluna dos finais de semana”, completa.

O presidente enfatiza que este é um momento de agradecimentos. “Gostaríamos de agradecer o título de Utilidade Pública concedido pela Câmara Vereadores de Paranaguá, primeiramente ao vereador Wellington Frandji, que nos presenteou com a indicação, ao presidente Fábio Santos e a todos os vereadores que aprovaram por unanimidade, já que estávamos desde 2017 sem esse benefício que é muito importante para a entidade, ao prefeito Marcelo Roque e a secretária de Cultura e Turismo de Paranaguá, Maria Plahtyn Torres, bem como a todos diretores do I.H.G.P., que não mediram esforços para que a instituição tivesse mais esta conquista”, agradece Rodrigues.