conecte-se conosco

Esportes

Atleta de Paranaguá conquista a 9.ª Ultramaratona Morretes – Guaraqueçaba

Luciana Freitas da Rocha bateu o recorde da prova de 105 quilômetros com tempo de 12 horas e quatro minutos

Publicado

em

Foto: Divulgação/Luciana Freitas da Rocha

No último sábado, 14, a ultramaratonista paranaense Luciana Beatriz Freitas da Rocha, nascida em Curitiba e criada em Paranaguá, conquistou a 9.ª Ultramaratona Morretes  Guaraqueçaba. Com um percurso difícil de 105 quilômetros, a ultramaratona foi vencida por Luciana com um tempo de 12 horas e quatro minutos, recorde da prova.  Com diversas conquistas, a atleta havia vencido em março a 1.ª Maratona de Ponta Grossa e segue firme em sua preparação,  com a expectativa para mais uma vez ser convocada para a Seleção Brasileira de Ultramaratona no próximo dia 28, algo que a credenciará para a disputa do Mundial que ocorrerá em Berlim, na Alemanha, no mês de agosto.

“Desde fevereiro de 2022 estou me preparando especificamente para esta ultramaratona.  Realizem muitos treinos de subida com bastante altimetria. Treinei inclusive na Serra da Graciosa. Estava almejando esta prova de 105 quilômetros desde 2017, porém eu sabia que precisava de maturidade e experiência para encará-la, então fui por etapas”, afirma Luciana. 

Segundo a ultramaratonista, em 2017 ela realizou a prova de 52 quilômetros da Ultramaratona Morretes – Guaraqueçaba, posteriormente, em 2019, realizando a modalidade de 80 quilômetros. “Em ambas fui campeã com carro-apoio. Depois dessas etapas cumpridas com sucesso eu senti que estava pronta pra encarar o grande desafio: os tão famosos 105 quilômetros da Ultramaratona Morretes – Guaraqueçaba”, explica.

“Eu fiz um trabalho mental absurdo nessa prova onde é necessário muita paciência.  Meu treinador Felipe me orientou sofre as dificuldades e fui consistente e consciente. Acho que nesses cinco anos de ultramaratonas disputada eu adquiri uma força mental e um amor muito grande pela corrida.  Acordo todos os dias às 4 horas da manhã  para me preparar pra treinar. Quem luta arduamente colhe os frutos”, afirma Luciana da Rocha.

A ultramaratonista afirmou que bater o recorde da prova nem era imaginado por ela. “Nem nos meus melhores sonhos pensei em fazer recorde na prova . Foi um belo presente de aniversário, visto que completei 45 anos no dia 12 de maio”, salienta.

Mundial

Ultramaratonista ressalta expectativa para convocação à Seleção Brasileira e disputa do Mundial da Alemanha em 2022 (Foto: Divulgação/Luciana Freitas da Rocha)

Segundo a atleta, a convocação para a disputa do Mundial da Alemanha pela Seleção Brasileira de Ultramaratona acontecerá no dia 28 de maio, três meses antes da competição internacional, sendo que Luciana espera ser convocada para a disputa. “A expectativa está grande, estou bem animada. Vencer em Guaraqueçaba só aumentou minhas expectativas,  estou firme, estou forte e estou com muita fé.  O Mundial será um salto na minha carreira de atleta”, frisa.

“Depois que sair a convocação e se tudo der certo para eu ir ao Mundial ficarei sem competir por três meses só me preparando para esta competição internacional”, finaliza Luciana da Rocha.