conecte-se conosco

Eleições 2020

Prefeito celebra confirmação jurídica da reeleição e reforça compromisso com o povo

“A responsabilidade é imensa, pois quase 50% da população depositou a sua confiança no meu nome. Seguiremos trabalhando, como fizemos na última gestão”, ressalta Marcelo Roque (Foto: Assessoria – Marcelo Roque)

Publicado

em

Prefeito celebra confirmação jurídica da reeleição e reforça compromisso com o povo

Marcelo Roque diz que resultado das urnas mostra confiança da população em seu mandato

Na quinta-feira, 3, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em julgamento em segunda instância do Processo n.º 0600403-51.2020.6.16.0005, deferiu a candidatura e, consequentemente, confirmou a reeleição do prefeito Marcelo Roque (Podemos) em Paranaguá. Em face do pedido de impugnação de Roque, ajuizado pelos recorrentes José Baka Filho, Aramis Soares do Nascimento Junior e Coligação Nova Paranaguá (Republicanos, Avante, DC e PTC), o entendimento do TRE-PR foi unânime, por seis votos a zero, de que não há motivos para considerar que Marcelo Roque estaria exercendo o terceiro mandato da mesma família.

De acordo com o TRE-PR, em 2013, quando Roque faleceu e o vice-prefeito, Edison Kersten, assumiu o Executivo de Paranaguá, houve uma ruptura política entre a família Roque e Kersten, fazendo com que o mandato em questão não fosse mais exercido pelo grupo familiar. Portanto, a primeira eleição de Marcelo, em 2016, teria sido o primeiro mandato da família, sendo que a reeleição de Roque em 2020 foi validada judicialmente pelo TRE-PR.

Em coletiva na quinta-feira, 3, o prefeito Marcelo Roque comemorou a vitória judicial que confirmou o resultado das urnas no dia 15 de novembro, quando foi reeleito com 36.444 votos, 49,52% do total de votos válidos. “A decisão de hoje veio coroar este trabalho, por unanimidade, 6 a 0. Vencemos porque o TRE-PR entendeu que não houve vantagem na eleição de 2016, não usei a máquina para me eleger neste ano, tudo isso foi colocado”, salienta.

“Foi uma vitória maravilhosa e podemos dizer hoje para a população parnanguara que vamos continuar trabalhando, nós vamos fazer muito mais por Paranaguá, este foi o nosso slogan de campanha. Continuaremos deste modo, com simplicidade e humildade, e com aquilo que prometi ao nosso povo: vou fazer um segundo mandato muito melhor que o primeiro”, afirma Roque.

O prefeito fez questão de agradecer a Deus o apoio contínuo a ele e sua família. “Quero também agradecer aos nossos advogados, o Dr. Luiz Gustavo de Andrade, um excelente advogado de Direito Eleitoral, parnanguara, que está fazendo o seu nome no Paraná, juntamente com o renomado advogado Luiz Fernando Pereira, o Pereirinha, que também sustentou a nossa tese no TRE-PR”, afirma.

Compromissos para segunda gestão

O gestor ressaltou seu compromisso com avanços para a educação, segurança, saúde e infraestrutura de Paranaguá nos próximos quatro anos. “Quero fazer mais asfalto nos bairros da cidade em que está faltando. Quero gerar emprego e renda, este é o carro-chefe da nossa próxima gestão, visto que o Brasil vive um momento difícil e em Paranaguá não é diferente. Quero investir muito mais no turismo, nesse sentido tivemos, recentemente, após a eleição o Governo do Estado para retomar as obras do entorno do Aquário, o secretário Marcio Nunes veio aqui ver o que precisa. Estamos trabalhando para começar o próximo mandato com tudo aquilo que Paranaguá precisa, a máquina já está ajustada, já está tudo certo e é o que vamos fazer daqui para a frente”, ressalta.

Posse

Com a decisão, fica confirmada a posse de Marcelo Roque como prefeito no dia 1.º de janeiro de 2021, algo que, segundo ele, respeita a decisão das urnas e o contexto democrático. “A gente sempre teve muita esperança de vencer. Agora temos a posse confirmada, a diplomação também vai ser no mês de dezembro, estaremos lá junto com todos os 19 vereadores eleitos fazendo um trabalho importante para Paranaguá”, acrescenta Roque.

Segurança jurídica

O fato de a decisão ter sido unânime e de ter confirmado Marcelo Roque como prefeito gera uma segurança jurídica não só ao prefeito, como também uma estabilidade política ao município. “Há segurança jurídica no sentido de que foi uma decisão unânime por 6 a 0 no TRE-PR. Para se recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só se julga algo de Direito, não analisa provas, e nosso julgamento foi de provas, há uma grande possibilidade de nem haver a possibilidade de recorrer ao TSE, mas isso é um imbróglio jurídico que deixo isso aos meus advogados. Com a decisão temos uma segurança muito clara de continuar trabalhando nos próximos quatro anos por Paranaguá”, explica.

Ainda sobre a eleição municipal de 2020, Roque afirmou que o trabalho de sua equipe de campanha foi exemplar, com um projeto eleitoral positivo e de propostas, mas que isso teria sido prejudicado um pouco pelo fato do seu registro eleitoral estar “sub judice”. “Isso prejudicou um pouco nossa campanha, poderíamos ter feito muito mais votos, mas como eu disse no dia 15, podia ter sido por um voto que a eleição estaria ganha do mesmo jeito e a satisfação seria a mesma. A responsabilidade é imensa, pois quase 50% da população depositou a sua confiança no meu nome. Seguiremos trabalhando, como fizemos na última gestão, até 2024 por toda a Paranaguá”, acrescenta.

Trabalho por todos

Roque ressaltou que o momento é de união de todos, independente de questão política, para o melhor para Paranaguá, pois a eleição acabou. “O povo não quer saber quem é oposição ou situação, o povo quer que o trabalho seja feito, até porque muitos que fizeram oposição estão em casa, não estarão nem trabalhando no Legislativo do município. Eu espero que esses 19 vereadores trabalhem em conjunto com a Câmara e Prefeitura, Paranaguá precisa disso”, completa.

Pandemia

O prefeito destacou na coletiva que o momento é decisivo para Paranaguá e o litoral no controle da pandemia da Covid-19, em virtude do aumento de casos registrado nas últimas semanas, bem como proximidade da temporada de verão, que aumenta o número de turistas em toda a região. “Tivemos várias reuniões, a pandemia está aí com aumento de casos no litoral. Estamos próximos ao verão, quando o número da população triplica. Tem município aqui próximo que tem 30 mil habitantes e na temporada vai para 400 mil. A expectativa é de 1,5 milhão de pessoas vindo ao litoral. Deixei bem claro que sou contra o fechamento do comércio, sou a favor que se faça a fiscalização em conjunto, que se dê orientação e que se punam as pessoas que não respeitam os decretos. Não se pode punir a maioria por causa de uma minoria”, explica.

Marcelo Roque ressaltou que será intensificada a fiscalização aos decretos estaduais que determinaram toque de recolher das 23h às 5h, assim como outras medidas restritivas, como proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos e em vias no mesmo horário, algo que entrou em vigor na quinta-feira, 4, e será válido inicialmente por 15 dias. “Os protocolos sanitários dos sete municípios nós estamos trabalhando isso em conjunto com os prefeitos. Sugeri em reunião a abertura de mais leitos ao lado do Hospital Regional do Litoral (HRL), onde fica a maternidade, e há esta possibilidade de serem abertos. Além disso, pedimos a abertura de mais leitos em outros municípios”, explica.

“As pessoas vão vir para cá e podem colapsar o Hospital Regional”, explica, ressaltando que, mesmo a casa hospitalar sendo responsabilidade do Governo Estadual, ela está localizada em Paranaguá, município do qual ele é gestor. “Os sete prefeitos do litoral estão unidos para que não tenha esta situação na região e, principalmente, em Paranaguá”, reforça Roque.

Leia também: TRE-PR explica como justificar ausência às urnas

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.