Connect with us

Eleições 2020

Decisão do TRE-PR resultará em nova distribuição das cadeiras na Câmara de Paranaguá

“Com a decisão do TRE, houve deferimento do registro da candidata, de modo que os votos recebidos pela Kalinka passarão a contar para a votação total do partido”, comenta Dr. Diego

Publicado

em

Decisão do TRE-PR resultará em nova distribuição das cadeiras na Câmara de Paranaguá

A sessão plenária do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), realizada na tarde de quarta-feira, 25, em Curitiba, sob a presidência do Desembargador Tito Campos e a relatoria de Dr. Rogério de Assis, acatou, por unanimidade, o recurso eleitoral da candidata a vereadora pelo PP (Partido Progressista) de Paranaguá, Sueli Francisca Umbelino, a Kalinka.

O registro encontrava-se “sub judice”, pois a candidata não havia informado a sua condição de escolaridade. Com a decisão favorável, os 23 votos obtidos na eleição passam a ser contabilizados, o que muda o coeficiente eleitoral e, consequentemente, a distribuição das cadeiras no Legislativo de Paranaguá, ou seja, ao somar os votos de Kalinka (PP), o quociente eleitoral do PP supera os votos obtidos pelo Podemos para a disputa de mais uma vaga na Câmara.

Dr. Diego Campos, do Escritório Pansieri Campos Advogados, que fez a defesa da candidata, explica as consequências da decisão. “O julgamento do recurso da candidata Kalinka pelo TRE/PR, deferindo o registro de candidatura, resultará em nova distribuição das cadeiras na Câmara Municipal de Paranaguá. Isso porque, até a quarta-feira, os votos da candidata não estavam sendo computados para cálculo da votação dos Progressistas (PP), em razão da decisão de primeira instância que havia indeferido o registro. Com a decisão do TRE, houve deferimento do registro da candidata, de modo que os votos recebidos pela Kalinka passarão a contar para a votação total do partido”, comenta Dr. Diego informando que com os votos da candidata, o Progressistas (PP) totalizará votos suficientes para conquistar mais uma cadeira na Câmara Municipal de Paranaguá, passando de 2 para 3 cadeiras.

“Agora, diante da alteração da situação jurídica da candidata, a legislação determina que haja nova totalização dos votos entre os partidos, para realização da correta distribuição das vagas”, destaca o advogado.

Entenda o caso

A candidata teve o registro indeferido em primeira instância porque o juiz identificou falta de comprovação de alfabetização, que é um requisito para concorrer nas eleições. Porém, posteriormente, a candidata comprovou que era alfabetizada, tendo se submetido à tese, inclusive perante o servidor da Justiça Eleitoral.

Assim, diante de prova inequívoca da alfabetização, o Tribunal, com unanimidade de votos, acolheu o recurso e deferiu o registro da candidatura, o que permite o cômputo dos votos da candidata Kalinka no total de votos para o Progressistas (PP).

Imagens: TRE-PR

Leia também: Mais de 20 mil parnanguaras não compareceram às urnas no domingo

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.