conecte-se conosco

Educação

UFPR realizará Vestibular 2023 em Matinhos, Paranaguá e Pontal do Paraná

Aplicação da primeira fase das provas de forma descentralizada alcança o litoral

Publicado

em

Foto: André Filgueira - Sucom/UFPR

Na sexta-feira, 13, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) anunciou oficialmente que abrirá inscrições para o Vestibular 2023 a partir do dia 18 de julho de 2022, algo que, após o início, seguirá até 31 de agosto de 2022. A prova em 2022, após dois anos de pandemia, voltará a ser aplicada em duas fases. Além disso, focando na descentralização, a universidade subiu de seis para 12 o número de municípios onde haverá aplicação da primeira fase do vestibular, algo que abrangerá o litoral do Paraná com três municípios: Matinhos, Paranaguá e Pontal do Paraná.

De acordo com o Núcleo de Concursos (NC) da UFPR, o período para que candidatos solicitem isenção da taxa de inscrição será entre 18 a 25 de julho para pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e de 18 a 29 de julho para quem, para pessoas que não estão inscritas no CadÚnico, mas que comprovem renda familiar per capita até um salário mínimo e meio, bem como, “ao mesmo tempo, tiver cursado o Ensino Médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular”, acrescenta a assessoria. 

Primeira fase em 23 de outubro

“O Vestibular 2023 terá algumas novidades em relação às edições anteriores. A primeira é que, depois de dois anos com o processo em fase única, por causa da pandemia de Covid-19, o vestibular voltará a ser em duas fases. Todas as regras serão detalhadas no edital normativo do Vestibular 2023, que deve ser publicado em julho. Mas para facilitar o planejamento dos vestibulandos e também das escolas, as datas das provas já foram anunciadas”, informa a UFPR.

Segundo a universidade, a primeira fase do vestibular contará com 90 questões objetivas e acontecerá em 23 de outubro. A segunda fase será uma prova de compreensão e produção de textos com três questões discursivas, algo que ocorrerá em 4 de dezembro. “Para os cursos que tiverem provas específicas e de habilidades específicas, elas serão aplicadas no dia 5 de dezembro”, detalha.

Retomada após dois anos de pandemia

“A retomada do modelo em duas fases busca valorizar as habilidades de leitura e escrita, a universidade anunciou o retorno ao modelo de duas fases, depois de duas edições em fase única, por causa da pandemia de Covid-19. Além disso, com a realização de ambas as fases ainda no ano de 2022, a UFPR readequa o calendário do vestibular ao calendário civil, depois de dois anos de descompasso por causa da pandemia de Covid-19. Assim, os candidatos aprovados no próximo vestibular iniciarão as aulas no primeiro trimestre de 2023, como ocorria antes da pandemia”, explica a assessoria.

Paranaguá, Pontal do Paraná e Matinhos

De acordo com a UFPR, outra mudança é a ampliação de 6 para 12 no número de municípios que contarão com aplicação da primeira etapa do vestibular. “Além de Curitiba, Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina, Pontal do Paraná e Toledo, a primeira fase do Vestibular 2023, marcada para 23 de outubro, ocorrerá em mais cinco de cidades do Paraná – Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá e Paranaguá – e também, pela primeira vez, em uma de Santa Catarina: Joinville, que é um dos principais polos do estado”, detalha.

“A intenção é aproximar ainda mais a universidade dos candidatos e permitir que façam as provas sem necessidade de grandes deslocamentos. A decisão leva em conta o fato de que grande parte dos inscritos nos vestibulares da UFPR são de fora da Região Metropolitana de Curitiba. No vestibular 2021/2022, realizado em fevereiro em fase única, 75% dos inscritos eram do Paraná e, destes, 36% moram em cidades fora da RMC”, explica a universidade.

De acordo com a UFPR, embora o vestibular já fosse aplicado em mais cinco municípios, a distribuição geográfica ainda não era tão ampla. “Agora, com mais seis cidades, as principais regiões do Paraná serão atendidas, facilitando a vida dos candidatos. A decisão de aplicar a prova também em Joinville justifica-se pelo fato de Santa Catarina ser, geralmente, o segundo estado com mais inscritos no vestibular da UFPR, depois, naturalmente, do Paraná”, detalha.

“Os candidatos que forem aprovados na primeira fase do Vestibular 2023 farão a segunda fase em Curitiba, com algumas exceções:  os que disputam vagas em cursos sediados em Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Toledo poderão, no momento da inscrição, optar por realizar a prova nessas localidades”, finaliza a UFPR.

Informações sobre as obras literárias que serão cobradas no vestibular e outros detalhes podem ser acessadas clicando aqui.

Com informações da Sucom/UFPR