conecte-se conosco

Editorial

Dia das mães: data para celebrar e refletir

A maternidade real precisa ser mais debatida, pois não há mães perfeitas e infalíveis. Elas também erram, acertam, erram de novo, mas encontram com sabedoria um caminho para educar os filhos sendo a melhor mãe que podem ser

Publicado

em

editorial

Neste domingo, se celebra o Dia das Mães, uma data cheia de significado para as famílias. É neste dia que elas são lembradas e presenteadas pela dedicação, cuidados, acolhimento e amor empregados aos filhos desde o nascimento. Além de todo o carinho que elas esperam receber neste dia, que vai além do presente material, é importante refletir sobre o real papel das mães na sociedade. 

A maternidade real precisa ser mais debatida, pois não há mães perfeitas e infalíveis. Elas também erram, acertam, erram de novo, mas encontram com sabedoria um caminho para educar os filhos sendo a melhor mãe que podem ser. 

Por isso, neste dia, talvez seja mais importante do que estar presente, física ou emocionalmente com as mães, ou comprar o melhor presente, reconhecer que muitos esforços são realizados por essas mulheres para exercer de fato o papel que a sociedade espera que elas exerçam. E, ainda assim, com tamanha pressão para atender essa expectativa, elas conseguem ser colo, ser abrigo e compreender a maternidade também como uma missão.

Educar uma criança diante das dificuldades que o mundo atualmente apresenta, por pais e mães, é uma tarefa árdua que exige muito das famílias. E a mãe ainda ocupa essa figura central. Muitas vezes são elas as responsáveis pela educação dos filhos, pelos hábitos criados ou pelo interesse deles pela escola, por exemplo. 

Por isso, ser mãe é aprender a lidar com a culpa, entender que paciência para entender os filhos deve andar ao lado do amor, na mesma proporção. Mas, também, é lutar para que a sociedade reflita mais sobre a maternidade e entenda que mãe não é tudo igual, elas são muitas e plurais e enfrentam realidades diferentes. E, desta forma, são tudo e até mais do que acreditam ser para os filhos. Feliz Dia das Mães!