Connect with us

Coronavírus

Morte de técnica de enfermagem gera comoção

Thalita tinha 35 anos e estava internada no Hospital Regional do Litoral onde também trabalhava

Publicado

em

A morte da técnica de enfermagem Thalita Monique de Oliveira, de 35 anos, causou grande  comoção nas redes sociais. Ela estava internada no Hospital Regional do Litoral em Paranaguá, onde também trabalhava, desde 24 de junho.  

Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Litoral do Paraná também se manifestou: “É com muito pesar que vimos trazer a triste notícia do falecimento da Profissional da Enfermagem Thalita Oliveira que perdeu sua vida por complicações da COVID-19. As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor”. 

Jandira Araújo Oliveira, mãe de Thalita, ainda chocada, escreveu nas redes sociais: “E o povo continua fazendo festa, churrascada, chá de bebê… Depois vão pros hospitais contaminar e na maioria das vezes matar os profissionais de saúde! Foi o que aconteceu com a minha filha”.