Connect with us

Coronavírus

Brasil tem três testes para diagnóstico da Covid-19

O “swab” demora cerca de 72h para sair o resultado no Paraná

Publicado

em

Médico explica a diferença entre eles e como cada um funciona

Desde o início da pandemia, tem se ouvido falar sobre os testes para o diagnóstico de Covid-19 e, recentemente, alguns exames foram disponibilizados em laboratórios particulares. O médico Dr. Jonathan Aredes, que atua na rede pública em Paranaguá, explicou que, no Brasil, existem três tipos de testes e ainda destacou como cada um funciona.

“Swab”

Atualmente, existe o PT-PCR, também conhecido como “swab”. “O RT-PCR é considerado o padrão ouro no diagnóstico da Covid-19. Ele pesquisa o DNA do vírus no organismo do paciente, sendo mais sensível e mais específico para detecção do vírus. É o exame do “swab”, o qual retira amostra das narinas e da garganta para realização do procedimento”, explicou Dr. Aredes.

No Paraná, esse tipo de exame é encaminhado ao Laboratório Central do Estado (Lacen) e aos laboratórios que foram previamente habilitados. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), os resultados têm levado uma média de 72 horas para ficarem prontos. Os boletins diários da Sesa, que mostram a evolução da doença no Paraná com o número de casos em cada município, indicam também os pacientes que estão “em investigação”, ou seja, que aguardam esse período para ter o resultado do exame.

Coleta de sangue

Também é possível identificar o novo Coronavírus por meio de exame de sangue. “A sorologia é realizada através da coleta de sangue, é a pesquisa de anticorpos (IgG) circulantes no sangue. Quando positivo, demonstra que o organismo já entrou em contato com o vírus e já iniciou a resposta imunológica do paciente”, esclareceu o médico.

Teste rápido

O teste rápido detecta a presença de proteínas do antígeno no sangue

Já o teste rápido também tem como função confirmar ou não o anticorpo no sangue. É realizado por meio de uma amostra de sangue retirada da ponta do dedo e o resultado positivo é indicado pela presença de duas linhas vermelhas, após cerca de 15 minutos. “O teste rápido detecta a presença de proteínas do antígeno no sangue. Tem a vantagem de ser rápido, no entanto é pouco específico e pouco sensível. Há muitas chances de resultados falsos negativos, o que atrapalha a condução de um caso suspeito”, observou Dr. Aredes.

Orientação médica

O médico lembrou que os exames precisam ser indicados por um profissional habilitado. “Uma vez que seus resultados terão de ser interpretados, levando-se em conta o tempo dos sintomas. Só assim terá certeza de qual momento da infecção o paciente pode estar”, destacou Dr. Aredes.

Segundo ele, o município de Paranaguá tem fornecido os exames diagnósticos pela rede pública, sempre após avaliação e orientação médica. “Pela rede privada alguns laboratórios também já disponibilizam estes testes de triagem para a Covid-19”, finalizou Dr. Aredes.