Connect with us

Paraná Produtivo

Produção de sementes

A Coopavel e a Pioneer, duas referências do agronegócio brasileiro, acabam de assinar uma parceria histórica para a produção conjunta de sementes de soja.

Publicado

em

A Coopavel e a Pioneer, duas referências do agronegócio brasileiro, acabam de assinar uma parceria histórica para a produção conjunta de sementes de soja. A confirmação do acordo aconteceu em recente encontro de diretores das duas empresas, em Pato Branco, onde está a Sementes Guerra, que foi adquirida pela Coopavel no ano passado. De acordo com a Coopavel, há um bom tempo foram iniciadas as primeiras conversas de olho em uma parceria que pudesse unir a cooperativa e a Pioneer na produção de sementes. Já havia o interesse da empresa norte-americana em multiplicar a produção de sementes e com a compra pela Coopavel de uma estrutura moderna em Pato Branco deu à cooperativa as condições certas para participar do projeto.

Setor de alimentos

A indústria brasileira de alimentos e bebidas registrou um faturamento de R$ 356,5 bilhões no primeiro semestre de 2020, de acordo com dados divulgados na última quinta-feira, 13, pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). De acordo com a entidade, o crescimento real no faturamento frente ao mesmo período do ano passado, descontando a taxa de inflação, ficou em 0,8%. Já a produção física, nos seis primeiros meses do ano, teve um aumento de 2,7%. Os setores que mais se destacaram no período em volume de produção, considerando o mercado interno e as exportações, foram: açúcar (+22,6%), óleos vegetais (+3,9%) e carnes (+1,9%). Em contrapartida, o canal Food Service foi bastante afetado e registrou queda de 29,5% nas vendas na primeira metade do ano, com o fechamento de restaurantes, bares, lanchonetes, serviços de alimentação nos hotéis, navios, aviões e lojas de conveniência.


Atividades turísticas

O agregado especial de Atividades turísticas cresceu 19,8% em junho ante maio, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em dois meses de avanços, o setor acumulou um ganho de 28,1%, ainda insuficiente para recuperar a perda de 68,1% registrada em março e abril. Segundo o IBGE, as medidas de prevenção à disseminação da Covid-19 impactaram de forma intensa e imediata boa parte das empresas turísticas, especialmente no transporte aéreo de passageiros, restaurantes e hotéis. Todas as 12 unidades da federação pesquisadas tiveram expansão em junho ante maio, com destaque para São Paulo (19,6%), Rio de Janeiro (23,7%), Minas Gerais (17,2%), Santa Catarina (26,1%) e Paraná (17,9%). Na comparação com junho de 2019, o agregado de atividades turísticas caiu 58,6% em junho de 2020.

Oferta de ações

A companhia de logística  Rumo anunciou na última sexta-feira, 14,  que seu conselho de administração aprovou oferta de até 317,25 milhões de ações, que espera precificar em 24 de agosto. A operação prevê distribuição primária de, inicialmente, 235.000.000 ações ordinárias, que poderá ser acrescida em 35% para atender eventual excesso de demanda. Considerando o preço de fechamento da ação na quinta-feira, de R$ 22,02, a oferta pode movimentar R$ 6,99 bilhões. A empresa planeja usar os recursos para pré-pagamento de concessão e investimentos na Malha Paulista. Bradesco, BTG Pactual, Banco do Brasil Citi, JPMorgan & Chase, Safra, Credit Suisse, Goldman Sachs, Morgan Stanley e XP serão os coordenadores da oferta.


Frango do Brasil

As Filipinas impuseram uma proibição temporária às importações de carne de frango do Brasil na última sexta-feira, 14, depois que uma cidade na China disse ter encontrado traços do covid-19 em carregamentos de alimentos congelados importados, incluindo asas de frango do país sul-americano. “Com os relatórios recentes da China e em conformidade com a Lei de Segurança Alimentar do país para regulamentar os operadores de empresas de alimentos e proteger os consumidores filipinos, é imposta a proibição temporária da importação de carne de frango”, disse o Departamento de Agricultura das Filipinas em comunicado. O órgão não disse por quanto tempo a proibição seria aplicada. Brasil responde por cerca de 20% das importações do produto das Filipinas.

Singapura libera

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informou na

última quarta-feira, 12, ter sido informada pelo Ministério da Agricultura sobre a abertura do mercado de Singapura para os miúdos de suínos do Brasil. Em nota, a entidade informou que a autorização vale para as 29 plantas industriais que já estão habilitadas a exportar carne suína para o país. No comunicado, a ABPA destaca que Singapura já é um tradicional comprador de carne suína do Brasil. Fica apenas atrás de China e Hong Kong na lista dos principais destinos. Entre janeiro e julho, o volume embarcado para lá foi de 32 mil toneladas, 49% a mais que no mesmo período no ano passado. A liberação das vendas de miúdos para Singapura ocorre em um momento altamente favorável nos negócios com este mercado. Apenas em 2020, nove novas plantas foram habilitadas para embarcar produtos.

Pesquisa retomada

Técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) retomaram nesta semana as pesquisas presenciais sobre a safra de café, que haviam sido suspensas devido à pandemia do coronavírus e, com isso, o 2º levantamento para 2020/21 da cultura será divulgado em 22 de setembro, informou a estatal. A pesquisa começou a ser feita no último domingo e segue até o próximo dia 28 de agosto, de forma presencial e remota, abrangendo 278 municípios em nove estados. A Conab destacou que, em abril, foi feito um ajuste no acompanhamento da cultura, adiando a realização do segundo levantamento de campo devido às medidas de enfrentamento da pandemia de covid-19 e suspendendo o anúncio marcado para maio. No primeiro levantamento da safra do café 2020/2021, divulgado em 16 de janeiro deste ano, as perspectivas da produção eram positivas.


JBS fecha fábrica

A JBS Austrália, controlada pela brasileira JBS, confirmou que fechará, temporariamente, duas de suas principais instalações de processamento de carne vermelha no país, informa o portal australiano Beef Central. Uma delas é a fábrica de Dinmore, no oeste de Brisbane, a maior instalação de processamento de carne bovina da Austrália, com capacidade operacional diária de 3.400 cabeças. Essa unidade, informa a Beef Central, fechará por pelo menos quinze dias a partir de 24 de agosto, devido à crescente crise de fornecimento de gado depois do registro de um longo período de seca no país. A fábrica de Dinmore tem operado com capacidade ociosa de pelo menos 50%. A JBS também confirmou o fechamento por tempo indeterminado de sua grande unidade de processamento de carne bovina e ovina no Brooklyn, a 7 km de Melbourne. A fábrica foi afetada seriamente pelo avanço de covid-19 entre funcionários. Segundo o site da JBS Austrália, a fábrica de Brooklyn tem capacidade diária de abate de 1.400 cabeças de gado.

Avaliação ambiental

O Porto de Paranaguá é o porto público brasileiro, de grande porte, mais bem colocado no Índice de Desenvolvimento Ambiental promovido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Essa é a terceira vez consecutiva que o porto paranaense, referência na movimentação de granéis sólidos, fica na liderança do ranking. O anúncio foi feito pela Antaq na última quinta-feira, 13, em transmissão online. Hoje, a Portos do Paraná mantém mais de 20 programas ambientais ativos. São realizados monitoramentos frequentes da qualidade da água em 32 pontos da baía de Paranaguá e Antonina, monitoramento e limpeza de manguezais, fauna, biota aquática, além de educação ambiental; controle de ruídos, monitoramento de qualidade do ar.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.