Connect with us

Paraná Empreendedor

Tecnologia da Informação e Comunicação como receita para o sucesso da reforma tributária

Ferramenta de TIC é um caminho possível para tratar problemas e causas raízes que afetam o arcabouço tributário nacional simplificando e acelerando processos de maneira confiável. É mais fácil controlar o fluxo de dinheiro do que do produto

Publicado

em

Tecnologia da Informação e Comunicação como receita para o sucesso da reforma tributária

Em dois textos sobre Reforma Tributária, fruto de diálogo com o ex-secretário da Fazenda do Paraná e ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly, foi mencionada a necessidade de se ter como ferramenta de suporte uma Tecnologia da Informação e Comunicação de última geração (5.0)!

Sugerimos a existência de um sistema desenvolvido pelo empresário do setor Miguel Abuhab. O assunto provocou questionamentos entre meus contatos, o que me levou a recorrer mais uma vez ao ex-deputado Hauly, que prontamente trouxe de Miguel Abuhab respostas sobre o ótimo global na Reforma Tributária.

Na opinião dele, o segredo para a Reforma Tributária, que vem sendo discutida em Brasília, é que se torne exitosa para o país pelo “ótimo global”. Sendo boa para todos, o Brasil voltará a crescer e haverá mais empregos e justiça social. A ideia é voltar a crescer de forma consistente, como um tigre asiático – que já fomos um dia – e não apenas tentar sobreviver num sistema tributário caótico e mastodôntico.

O modelo Abuhab parte da premissa de que é mais fácil controlar o fluxo do dinheiro do que o fluxo da mercadoria. Com o suporte da tecnologia bancária altamente desenvolvida no país, se introduz a cobrança eletrônica automática do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) a cada transação. Isso acaba de uma vez com problemas raízes, que precisam ser eliminados: o imposto deixa de ser declaratório; o recolhimento deixa de ser iniciativa do contribuinte; e as transações bancárias passam a ter um suporte contábil.

Ao deixar de tributar a origem do dinheiro e sim o destino, a reforma tributária pode resolver diversas causas-raízes de efeitos indesejáveis do atual sistema, como a falta de competitividade das empresas, a sonegação, a bitributação, a guerra fiscal, o “imposto por dentro” ou cumulativo, a inadimplência e o enorme contencioso gerado pelo perverso arcabouço de impostos adotado pelo Brasil.

Em resumo, com a simplificação radical da tributação na base do consumo e a tecnologia na cobrança eletrônica do tributo, a arrecadação pode aumentar significativamente, sem aumento de alíquotas. Teremos de volta a confiança dos investidores internacionais e poderemos receber muitos investimentos diretos.

Muitos empregos serão gerados. Esse é o ótimo global que todos desejam.

Leia também: Reforma Tributária – simplificar é preciso

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.