Connect with us

Paraná Empreendedor

Eleição na Universidade Federal

A participação ampla da sociedade no processo eleitoral da universidade fortalece a democracia, a diversidade de pensamento e afasta o maniqueísmo

Publicado

em

A participação ampla da sociedade no processo eleitoral da universidade fortalece a democracia, a diversidade de pensamento e afasta o maniqueísmo. Também promove a transparência e evita a suspeição.

Semana próxima, 24 de setembro, o Conselho Superior da Universidade Federal do Paraná deve se reunir para a definição da lista tríplice para o cargo de Reitor e vice-Reitor da instituição. A lista será encaminhada ao presidente da República, que tem a prerrogativa de escolher entre esses nomes os que estarão à frente da UFPR na próxima gestão.

A importância desse pleito, mais do que apresentar nomes ao presidente, é a escolha e a relevância desse processo, para a sociedade.

A UFPR é a primeira Universidade do Brasil. Os artífices de sua fundação foram doze profissionais e intelectuais destacados do seu tempo.

Com um efetivo aproximado, de 50 mil pessoas, entre alunos, professores e funcionários, e um orçamento anual de mais de um bilhão e meio de reais — números expressivos que superam 88% dos municípios paranaenses, com população inferior a 50 mil habitantes, e muito distante de suas arrecadações anuais.

Por mais de século esta instituição tem sido um ambiente de formação de competentes profissionais de pensamento plural, com livre pensar. O exercício pleno da Universalidade – Universidade!

Como cidadão e ex-aluno desta destacada universidade, me preocupa o afastamento da comunidade “lato sensu”, com a comunidade “stricto sensu”.

As universidades hoje vivem em seu próprio mundo, quando o ideal é que estivessem melhor integradas à sociedade, em um projeto pró-educação de qualidade e maior universalidade.

Frente a esse importante processo para as consultas “públicas” para escolha da lista tríplice, é fundamental lembrar que vivemos em uma democracia e que é preciso superar os conflitos ideológicos — o que está difícil no momento atual — pelo benefício do bem comum.

A participação da sociedade, fortalece a democracia, a diversidade de pensamento e afasta o maniqueísmo. Também promove a transparência e evita a suspeição. 

Por obra da relevância da Universidade Federal, Curitiba já foi denominada como Capital Universitária.

A Universidade Federal do Paraná, por sua grandiosidade, celeiro de grandes mestres, merece nosso respeito e atenção. E igualmente merece respeito, atenção e dedicação a educação, em qualquer nível, como fator de transformação para o desenvolvimento de uma sociedade soberana.

Juraci Barbosa é advogado e consultor empresarial