Connect with us

Maçonaria

As Origens da Maçonaria

A Maçonaria não surgiu com este nome.

Publicado

em

A Maçonaria não surgiu com este nome, mas foi um movimento que reuniu em torno de si, pouco a pouco, os ideais maçônicos como os compreendemos hoje. Assim, não podemos afirmar que a Maçonaria tem as suas origens nas brumas do passado, neste ou naquele local. Mas apenas podemos referir que a atual Maçonaria originou-se de um movimento de reação, envolvendo interesses sociais, políticos, econômicos e religiosos. Os mais próximos povos com as ideologias copiadas pela Maçonaria podem ter sido os povos chamados de Essênios, o surgimento desse povo ocorreu entre os séculos 2 A.C. e 1 A.C. , esse povo vivia isolado, afastado da sociedade, no deserto, concentrados em estudar as antigas escrituras em uma época  que a classe alta de Jerusalém, na Palestina, estava sob forte influência da cultura grega – racional e pagã. A semelhança entre certos rituais dos Essênios e rituais Maçônicos há muito tempo geram um grande debate entre os estudiosos.

Estaremos certos se afirmarmos que o movimento de reação surgiu quando houve a necessidade de se pôr ordem dentro de um sistema caótico de organização primitiva social. Portanto, a Maçonaria não teve uma origem espontânea e não evoluiu como evolui uma célula.

Surgiu do movimento de reação quando os homens organizados em sociedade verificaram que não eram felizes, pois que lhes faltava algo que pudesse valorizá-los e descobri-los perante os seus próprios olhos e perante os seus companheiros.

O que devemos denominar de O Movimentofoi tomando forma e corpo e, assim, paulatinamente, passou do estudo de uma organização que surgia ao estudo do próprio homem. Se hoje temos as ciências sociais e encontramos na psicologia solução para os problemas que o homem oculta, devemos render homenagem àqueles primitivos estudiosos que, na sua busca incessante, contribuíram para que hoje pudéssemos contar com os recursos da tecnologia moderna. Tudo teve um princípio mas não poderemos afirmar, com honestidade, que esse princípio se chamava Maçonaria!

Historiadores, técnicos sérios, chegaram até nossos dias informações e fatos, devidamente comprovados, que a ordem maçônica vem se desenvolvendo a partir de grupos profissionais que trabalhavam com a pedra, pedreiros, organizados em entidades semelhantes aos atuais. Estes grupos de trabalhadores da pedra constituíram sociedades fechadas e ligadas a construção de grandes obras em pedra lavrada que existiram na Europa, confrarias de ofícios, depois denominadas comunidades de ofício e por último, corporações de ofício. Temos notícia deste tipo de organização profissional advindo da Inglaterra na idade média, onde era denominada Gild, traduzido para guilda. Estas se transformaram depois em company, e posteriormente em fraternity. Assim como nas atuais agremiações e agrupamentos de profissionais, aqueles compartilhavam os segredos da profissão, à semelhança de todo grupo profissional que tem segredos guardados mediante um linguajar próprio e até esotérico. Para entrar numa agremiação profissional é necessário obter treinamento, estar devidamente regulamentado e registrado no órgão representativo da classe. Aqueles profissionais da idade média, com o objetivo de manter o segredo dos métodos de trabalho exigiam segredo de todas as técnicas da construção e as velavam por promessas, juramentos, senhas, palavras de passe para acessar o canteiro de obras e outros artifícios, não eram chamados de Maçons, mas a Maçonaria desenrolou suas atribuições baseadas nesses povos da antiguidade, o que não quer dizer que a Sublime Ordem Maçônica tenha sido iniciada nos tempos primórdios.

Yassin Taha

Dep.Federal GOB