conecte-se conosco

Legendado

“NOVEMBRO LILÁS”

Por Paulo Henrique de Oliveira
Com a contribuição da Advogada Lívia Moura

Publicado

em

A campanha é realizada em escala mundial e contempla o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e o dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que também tem o objetivo de propor medidas de prevenção e combate à violência, além de ampliar os espaços de debate com a sociedade.

O projeto tem por objetivo contribuir para a diminuição da violência de gênero. Nós sabemos que a violência contra a mulher é um problema social sério que afeta toda a sociedade, e a intenção é contribuir para a diminuição da violência contra a mulher, então esse é o primeiro passo para conseguir chegar no final de ciclo de violência contra ela: a conscientização.

A campanha é realizada em escala mundial e contempla o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e o dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que também tem o objetivo de propor medidas de prevenção e combate à violência, além de ampliar os espaços de debate com a sociedade.

Parece piada que ainda no ano de 2022, estejamos debatendo respeito à mulher, mas não é.

A violência pode se manifestar em diversas formas, como a física, psicológica, patrimonial, sexual, moral e outras, todas absolutamente condenáveis.


A luta pelo fim da violência contra as mulheres e meninas é todo dia e toda hora, O mês de novembro é o marco dessa luta, realizada no mundo todo, com o dia 25 de novembro – Dia Internacional pela não violência contra a mulher. 

É um momento para pararmos e refletir, conhecer os problemas e propor soluções para que acabe essa violência que é caso de saúde pública e faz parte da luta pelos direitos humanos e de uma vida com dignidade. Não podemos esmorecer e nem retroceder. Vamos unir forças nessa luta que é de todos e todas nós, mulheres e homens pela não violência.

Assim, que todos tenhamos consciência que a Lei Maria da Penha é de suma importância, pois ela contempla, àquelas que pela história da civilização brasileira e seu patriarcado, foram sempre preteridas e diminuídas.

Não à Violência contra a Mulher!

Brasil, 10 de novembro de 2022 de 2022 , 13,9 milhões de desempregados.

Paulo Henrique de Oliveira é mestrando em administração pública, pós-graduado em direito administrativo, com MBA em gestão pública, extensões em ciências políticas, direito eleitoral e ciências sociais, e graduações nas áreas de administração de empresas, gestão de negócios, ciências políticas, e direito. É Professor de Administração Pública, e Vice Presidente do Podemos no Estado do Paraná, Ex Secretário de Saúde de Paranaguá, e Ex Secretário de Saúde de Matinhos.

Publicidade










plugins premium WordPress