Connect with us

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

Parabéns, Paranaguá, por seus 372 anos!

A História é um campo do conhecimento que investiga acontecimentos e experiências, não somente do passado, mas também do presente.

Publicado

em

A História é um campo do conhecimento que investiga acontecimentos e experiências, não somente do passado, mas também do presente.

A História é a busca da verdade a fim de explicar aos outros, o que realmente aconteceu. É o conhecimento da sociedade através do tempo.

A História é indispensável à formação e informação do cidadão consciente de sua função na sociedade.

Paranaguá, cidade marítima, lembra muita História, onde reside e resplandece a sua formação, com santo orgulho a alma regozija-se e se enaltece com riquezas materiais e espirituais, consagradas aos mais nobres sentimentos e elevados pela inteligência, que apaixona a vontade.

Desde os tempos imemoriais, Paranaguá e sua gente orgulham-se do Patrimônio Histórico aqui construído, legado pelos seus antepassados. Tal riqueza é o compromisso dos que fazem a Paranaguá de hoje.

São seus tempos de povoado Indígena, a chegada do branco, sua alçada à condição de Vila, o êxodo e o desenvolvimento de suas instituições, enfim, uma agradável viagem e um memorável passeio pela nossa querida Paranaguá.

A área territorial do nosso Município, fazia parte do continente e os limites entre a América Portuguesa e a América Espanhola, estabelecidos pelo Tratado de Tordesilhas firmado entre as duas Coroas, a 7 de junho de 1494.

O povoamento do litoral de Paranaguá, teve início em 1550, na Ilha da Cotinga, em buscas auríferas, tendo à frente Domingos Peneda, temido e conhecido como ” RÉGULO E MATADOR”, considerado o Fundador da Povoação, conquistou a margem esquerda do Rio Taguaré (Itiberê), habitado pelos indígenas Carijó.

Gabriel de Lara nomeado Capitão-Povoador em 1640, obteve licença para erigir o Pelourinho, símbolo da Justiça Portuguesa, em 06 de janeiro de 1646. Elevada à categoria de Vila de Nossa Senhora do Rosário de Paranaguá, por Carta Régia do Rei de Portugal, Dom João IV (1640 – 1656), em 29 de julho de 1648.

A Assembleia Legislativa Provincial decretou e o Presidente de São Paulo, José da Costa Carvalho (1796-1860) – Barão, Visconde e Marquês de Monte Alegre – sancionou a Lei número 5, de 5 de fevereiro de 1842, e a Vila de Paranaguá foi elevada a cidade.

Paranaguá, cercada de sólidas tradições históricas, ainda preserva importantes monumentos barrocos e construções do período imperial.

Nossa querida cidade Mãe do Paraná, como berço de valores tem dado ao Brasil nomes consagrados. Parabéns nossa querida Paranaguá, de povo acolhedor. Uma cidade promissora que supera desafios com olhar para o futuro, tendo como base o orgulho pelo seu passado. Que possamos com o nosso trabalho e com o nosso ideal, fazer de Paranaguá um lugar cada vez melhor.

Parabéns, pelos 372 anos de histórias e tradições!

Sonia Machado

Historiadora

Sócia do IHGP