conecte-se conosco

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

O caso Haymarket e a origem do dia do trabalhador

Publicado

em

Sucessão no IHGP

A comemoração do dia do trabalhador tem origem no caso que ocorreu em Haymarket, em Chicago. Em 3 de maio de 1886, diversos trabalhadores realizavam uma greve na fábrica McCormick Reaper Works, quando a polícia de Chicago invadiu a fábrica e violentamente feriu e matou diversos dos trabalhadores. Na noite seguinte, 4 de maio, anarquistas e trabalhadores realizaram uma reunião de protesto, perto da Haymarket Square. Perto do final das reuniões, que transcorreram sem incidentes, nuvens de chuva apareceram de repente. A multidão começou a se dispersar. O último orador, Samuel Fielden, estava concluindo o seu discurso, quando policiais entraram e ordenaram que a reunião fosse encerrada. Nesse momento, uma bomba foi lançada contra os policiais, causando graves ferimentos. Os oficiais responderam abrindo fogo contra a multidão, matando e ferindo vários civis, bem como, alguns de seus próprios homens. Sessenta e sete policiais ficaram feridos e oito deles morreram. Embora a pessoa que lançou a bomba não tenha sido presa, oito anarquistas de Chicago foram levados a julgamento e condenados por assassinato. Em 11 de novembro de 1887, à Suprema Corte de Illinois e à Suprema Corte dos Estados Unidos, condenou, sem provas, quatro dos anarquistas que estavam na manifestação. Seis anos depois, em 1893, os três condenados sobreviventes, foram perdoados pelo governo, após se concluir que as provas não mostravam que os homens julgados estivessem envolvidos no bombardeio. O julgamento dos anarquistas de Chicago foi reconhecido como um dos mais injustos nos anais da jurisprudência americana. 

Logo após o incidente, o caso Haymarket foi utilizado pelo movimento sindical norte-americano, sobretudo, para lutar por melhores condições de trabalho. Além de simbolizar luta, o caso inspirou a comemoração do dia 1 de maio, conhecido como o dia do trabalhador. 

Referências

NADEN, Corinne J. The Haymarket Affair, Chigado: The great anarchist riot and trial. Franklin Watts, 1968.

Priscila Onório Figueira

Historiadora

Continuar lendo
Publicidade