conecte-se conosco

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

As origens da Páscoa- Parte I

Publicado

em

Sucessão no IHGP

A páscoa é uma das datas mais importantes entre as culturas ocidentais. A origem desta comemoração, remonta há muitos milênios. O termo “PÁSCOA “, vem do latim ” PASCAE”. Na Grécia Antiga, este termo também é encontrado como ” PASKA”. Entretanto, a sua origem é ainda muito mais remota, entre as civilizações antigas, é comemorada, há muitos milhares de anos, principalmente na região do Mediterrâneo. 

Algumas sociedades, entre elas a da Grécia Antiga, festejava a passagem do inverno para a primavera, durante o mês de março. Essa festa era realizada na primeira lua cheia, na época das flores. Entre os povos da Antiguidade, o fim do inverno e o começo da primavera, era de extrema importância, pois estava ligado a maiores chances de sobrevivência, em função do rigoroso inverno que castigava a Europa, dificultando a produção de alimentos. A Páscoa para esses povos nasceu como uma festa em comemoração ao nascimento das ovelhas, na primavera. 

Entre a civilização nórdica havia o culto a inúmeros deuses, dentre todos, dois deuses, se destacaram, a deusa Wunjo e o Deus Dagaz. A deusa WUNJO, Deusa da alegria. Para os Celtas, a alegria era comemorada em eventos agrícolas, pois sua ” PÁSCOA” eram as colheitas.  O deus DAGAZ, Deus do dia. Para esses povos, o calor do sol, na primavera e no verão, era responsável pelo crescimento das plantas. Dessa forma, o solstício de verão significava o dia do ano que não existem Trevas. 

O termo ” PÁSCOA ” também existiu no Egito Antigo, na Babilônia, na Pérsia, na Mesopotâmia e em muitas outras civilizações antigas, como demonstraremos na coluna da semana que vem. 

SÔNIA MACHADO 

HISTORIADORA E DIRETORA SECRETÁRIA DO IHGP

Continuar lendo
Publicidade