conecte-se conosco

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

A FESTA DO SANTUÁRIO DO ROCIO, EM PARANAGUÁ

Publicado

em

A Festa do Santuário do Rocio, em Paranaguá, é um dos eventos religiosos mais significativos do Brasil, atraindo milhares de fiéis e turistas todos os anos. Celebrada em honra a Nossa Senhora do Rocio, a padroeira do Paraná, a festa é marcada por uma atmosfera de devoção, fé e manifestações culturais.

O Santuário do Rocio, localizado na cidade de Paranaguá, é o ponto central dessa celebração religiosa. A festa ocorre anualmente no mês de novembro, mobilizando a comunidade local e devotos de diferentes regiões do país. O evento tem raízes históricas profundas, remontando ao século XVII, quando a imagem de Nossa Senhora do Rocio foi encontrada na região.

A cerimônia da troca do Manto de Nossa Senhora do Rocio, realizada há décadas, é um dos momentos mais solenes e simbólicos da festividade. Esse ritual representa a renovação espiritual e a proteção divina sobre a comunidade. A troca do manto é realizada com grande reverência, acompanhada por cânticos e orações que fortalecem o vínculo entre os fiéis e a padroeira.

A Festa do Santuário do Rocio é enriquecida por tradições locais que a tornam única e diversificada. Antes da celebração principal, a Cavalgada das Colônias reúne cavaleiros e amazonas, percorrendo trajetos significativos até o Santuário. Durante a cavalgada, expressam devoção a Nossa Senhora do Rocio, unindo a tradição à fé religiosa.

Outro destaque é a Procissão das Motocicletas, onde motociclistas de diversas regiões prestam homenagens à padroeira do Paraná. Com motos enfeitadas, percorrem as ruas em uma procissão que transcende às tradições convencionais, evidenciando a diversidade de expressões de fé. Esses eventos não apenas enriquecem a festividade, mas também simbolizam a profunda conexão entre a cultura local e a devoção religiosa.

As Novenas do Santuário do Rocio constituem um período de profunda espiritualidade e fervor religioso, marcando uma tradição reverenciada por devotos de diversas regiões da diocese. Durante nove dias antes da grande festividade, representantes das diferentes localidades se reúnem para conduzir as orações e celebrações.

Cada dia de novena é uma oportunidade para as comunidades diocesanas manifestarem sua devoção a Nossa Senhora do Rocio. Os representantes trazem consigo as características singulares de suas regiões, enriquecendo as celebrações com cânticos, rezas e expressões culturais que refletem a diversidade do Paraná.

A grandiosidade da Festa do Santuário do Rocio, em Paranaguá, é ressaltada pela imponente procissão realizada no dia 15 de novembro. Neste dia especial, a imagem de Nossa Senhora do Rocio deixa a Igreja do Rocio, iniciando uma majestosa jornada em direção à Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Rosário. A procissão, marcada por uma atmosfera de solenidade e devoção, atrai milhares de fiéis que se alinham nas ruas para testemunhar esse momento único.

A imagem da padroeira, ricamente ornamentada, é cuidadosamente carregada por devotos, emocionados ao participar desse ato simbólico de fé. O cortejo é acompanhado por cânticos religiosos, e orações, criando uma comunhão entre os participantes, reforçando os laços espirituais e culturais que permeiam a celebração.

A chegada à Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Rosário é um momento de reverência e adoração. A interação entre os fiéis e a simbologia desse trajeto ressaltam a profundidade espiritual do evento.

O retorno da imagem ao Santuário do Rocio, no dia seguinte, é um momento igualmente marcante. A procissão de retorno, com a imagem sendo reconduzida à sua morada principal, é carregada de emoção e júbilo. Fiéis se alinham ao longo do percurso para expressar sua gratidão e devoção, acompanhando o retorno triunfal da padroeira à igreja que a abriga.

Esses momentos, desde a saída da imagem do Santuário até o retorno no dia seguinte, adicionam profundidade e significado à Festa do Santuário do Rocio. A procissão não apenas reforça a dimensão espiritual do evento, mas também ressalta a importância histórica e cultural que permeia essa celebração anual. Para os participantes, a experiência desses momentos sagrados é um testemunho tangível da fé e da devoção que unem a comunidade em torno de Nossa Senhora do Rocio.

Almir Silvério da Silva – Colaborador do IHGP – 2023

Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress