Connect with us

Cultuando

Sobre desenho à mão livre

Sempre oriento nas minhas oficinas de desenho e pintura que a base para uma boa obra é o desenho

Publicado

em

Sobre desenho à mão livre

Sempre oriento nas minhas oficinas de desenho e pintura que a base para uma boa obra é o desenho, saber desenhar é e sempre será primordial para a construção de um excelente trabalho em arte, portanto o tema desta é sobre isso com trechos pinçados dos sites Wikipédia e imageria criativa.

“À mão livre é um termo utilizado em áreas como artes visuais, gráficas, arquitetura e design para designar um desenho ou pintura conduzido de modo totalmente manual, ou seja, com as mãos, sem necessidade de qualquer outro tipo de artefato como decalque, tecnologia digital, estêncil ou outro. O termo também é frequentemente utilizado em diversas áreas como aerografia, grafite, e desenho em geral para referir-se ‘a execução sem necessidade de suporte, e usando apenas as mãos e a inspiração do artista. Seria como desenhar com apenas um papel e lápis e sem ter nenhuma referência visual ou manual presente, usando somente a mente e a imaginação. É necessário aprender algumas técnicas para deixar o desenho mais bem definido e bonito tais como, traço, escala de luz e sombra, percepção de profundidade, perspectiva, texturas e observação entre outras. Noções de angulação, profundidade, espaço, volume e criatividade, além de segurança no traço são mais bem desenvolvidas quando se tem papel e lápis na mão, são quesitos essenciais. Alguns exercícios podem te ajudar a dominar técnicas necessárias para o desenho à mão livre. O traço estrutura o desenho e demonstra a personalidade do artista e para treinar essa importante habilidade, faça traços em diversas direções e tente manter a solidez para que o desenho não fique com aspecto tremido.

Para mostrar no papel quão próximo determinado objeto desenhado está de um ponto de luz, faz-se uso do claro e escuro. É possível treinar esse conceito construindo uma escala tonal. Ou seja, desenhe faixas que vão do mais claro ao mais escuro com o lápis 9B e aumente a intensidade da cor para garantir essa variação de tonalidade. Objetos desenhados à mão livre devem apresentar o aspecto da superfície. A textura transmite se são mais maleáveis ou rígidas. Logo, experimente vários estilos como o tracejado, rugoso e liso, variando a forma e intensidade do traço. Além disso, utilize o esfuminho ou o dedo para um esfumado e encontrar a consistência desejada. A capacidade de observação também é uma grande aliada para desenvolver suas habilidades de desenho à mão livre. Assim, ande pelas ruas, analise objetos pela casa. Treine desenhando seu quarto e comece a rabiscar detalhes de um passeio na avenida. Com isso, sua percepção espacial e técnica aumenta.”

Bom trabalho!!!!

Leia também: Um pouco sobre artesanato