Connect with us

ADI Paraná

Unificação

O deputado Paulo Martins (PSC) iniciou a coleta de assinaturas para PEC que unifica a Justiça do Trabalho e do MPT (Ministério Público do Trabalho) à Justiça Federal e ao MPF.

Publicado

em

O deputado Paulo Martins (PSC) iniciou a coleta de assinaturas para PEC que unifica a Justiça do Trabalho e do MPT (Ministério Público do Trabalho) à Justiça Federal e ao MPF (Ministério Público Federal), respectivamente. "A reação já começou. Orem por mim", pediu Martins no twitter.

Pedágio é o assunto

A Confederação Nacional dos Municípios convidou o deputado Romanelli (PSB) para uma audiência em Brasília. O principal assunto da pauta: as concessões do pedágio. "O deputado foi convidado porque, historicamente, faz um combate árduo contra as altas tarifas cobradas pelo pedágio no Paraná", disse Joarez Henrichs, diretor da CNM.

Volta emprego

O Paraná mantém em 2019 a tendência de crescimento na criação de empregos, de acordo com o Ministério da Economia. No acumulado de 2019, o estado abriu 49.704 vagas, a quarta unidade da federação que mais empregou. De janeiro a agosto foram abertas 593.467 vagas formais no Brasil, variação de 1,55% sobre o estoque do mesmo período do ano passado.

Apreensão de arma

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto lei – o deputados Aliel Machado (PSB) é um dos autores – que determina a imediata apreensão de arma de fogo de homens que respondem a processo por agressão contra a mulher.

TRF no Paraná

O governador Ratinho Júnior aproveitou a reunião com a bancada paranaense em Brasília e pediu reforço no pleito pela instalação de uma sede do Tribunal Regional Federal no Estado. Ratinho Junior e o presidente da OAB-PR, Cássio Telles, defenderam que a implantação do órgão no Paraná deve acelerar a tramitação de processos e facilitar o acesso da população à Justiça.

STI iluminada

Santa Terezinha de Itaipu, cidade com pouco menos de 24 mil moradores no extremo-oeste, também inovou e investiu em eficiência energética. A região central está 100% coberta pela nova iluminação. “Estamos seguindo o cronograma e dentro de poucos dias seremos a primeira cidade no Paraná a contar com 100% de iluminação pública em LED”, destacou o prefeito Cláudio Eberhard (PSDB).

Cascavel Avança

O prefeito Paranhos (PSC) lançou mais uma etapa do "Cascavel Avança" e que prevê R$ 40 milhões para reestruturação de seis vias estratégicas na cidade, além de dotá-las com abrigos em pontos de ônibus e ampliar a segurança no trânsito em áreas escolares. Os recursos são do programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Freio no MP

A OAB vai entrar nesta no STF com ação direta de inconstitucionalidade que limita o poder de promotores de moverem ação de improbidade administrativa contra prefeitos. Os gestores acusam os promotores de paralisarem e suspenderem obras e a execução do orçamento com uma chuva de ações. Na prática, segundo os prefeitos, os promotores governam no lugar de quem foi eleito pelo voto popular.

Explicações

O deputado Felipe Francischini (PSL-PR), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, não gostou das declarações do presidente Jair Bolsonaro contra dirigentes nacionais do PSL. “O recado da bancada é o seguinte: o presidente Bolsonaro fala as coisas, ele tem que explicar”, disse Francischini, filho do deputado Delegado Francischini, presidente da CCJ no legislativo paranaense.

Os dois

Os paranaenses Aline Sleutjes e Filipe Barros estão entre os 34 deputados que podem sair do PSL junto com o presidente Jair Bolsonaro. Eles assinaram um manifesto que defende a renovação completa da sigla comandada por Luciano Bivar (PE). Filipe Barros é pré-candidato a prefeito de Londrina.

Estamos noutra

O deputado Felipe Francischini não assinou o manifesto e tem uma razão. Seu pai, Delegado Francischini, é presidente do PSL no Paraná. Sua madrasta, Flávia Francischini é secretária-geral da executiva nacional do partido. Outra que não assinou o manifesto é a paranaense Joice Hasselmann, deputada por São Paulo e pré-candidata a prefeita da capital paulista.

Cessão onerosa

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD), acompanha em Brasília a discussão do projeto de lei que trata da divisão dos recursos do leilão do excedente da área petrolífera da cessão onerosa. A versão final do texto ainda depende de um acordo com governadores e prefeitos. A intenção é votar  projeto na Câmara dos Deputados até amanhã e na próxima semana no Senado.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.