Connect with us

Valmir Gomes

DESRESPEITO À IMPRENSA

Com raras exceções, os comentaristas esportivos de rádio e TV ganham um salário razoável, não só no Brasil no mundo do esporte em geral.

Publicado

em

Com raras exceções, os comentaristas esportivos de rádio e TV ganham um salário razoável, não só no Brasil no mundo do esporte em geral. Agora vem a notícia que o ex-técnico do Manchester United, José Mourinho, vai ganhar o equivalente a R$ 286.000,00, cada jogo que comentar no canal por assinatura Be In Sports, na Premier League do campeonato inglês. Detalhe só não pode comentar jogos do seu ex-clube, por força contratual do distrato. Num país tradicional como a Inglaterra, me causa surpresa os profissionais da comunicação esportiva, admitirem um intruso do meio, trabalhar sem a documentação oficial. Nem falo dos valores exorbitantes do caso, falo da parte legal do fato. Por aqui, qualquer cidadão endinheirado aluga um horário em rádio e TV, e da noite para o dia vira homem de comunicação. Sem nenhum preparo, muito menos sem as condições éticas e morais que o cargo exige. Seja o desequilibrado Mourinho ou o anônimo Pedrinho, isto é um desrespeito à nossa classe, aqui ou na Inglaterra.

 

10 ANOS DA TRAGÉDIA

Era para ser uma noite como outra qualquer, o Brasil de Pelotas time da primeira divisão do campeonato gaúcho voltava da cidade de Santa Cruz, onde foi fazer um amistoso preparatório para o início do campeonato. Na curva acentuada em Canguçu, o motorista perdeu o controle do ônibus e foi ladeira abaixo. O saldo foi trágico: três mortes, preparador de goleiros Giovani Gimenez, o zagueiro Regis, e o ídolo do time e da cidade Cláudio Milar, uruguaio de coração pelotense. A tragédia completou 10 anos no último dia 15, muitas histórias entre os sobreviventes e as famílias enlutadas, a maioria de superação, outras nem tanto. O clube renasceu das cinzas, hoje disputa o campeonato gaúcho e a segundona nacional, sua torcida é fanática e participativa, dizem a maior do interior do Brasil. Lá se foram 10 anos da tragédia, uma lembrança triste do futebol.

 

PARANAENSE

O nosso campeonato deve ser o mais técnico dos últimos anos. Explico a causa, nunca em tempo algum tivemos tantos participantes nas competições da CBF. Atlético, Coritiba, Paraná, Londrina, Operário, Cianorte, Foz do Iguaçu têm calendário nacional. Ou seja, as equipes serão mais qualificadas, o campeonato será mais equilibrado. Imagino que o reflexo desta situação será benéfico a todos os participantes. Tomara que minha previsão se confirme, pois assim ganhamos todos.

 

FEDERAÇÃO DE CASA NOVA

Me contaram que o presidente da Federação Paranaense de Futebol, senhor Hélio Curi está comandando nosso futebol da casa nova. Depois de perder sua sede própria por má administração dos tempos de Onaireves Moura, o futebol paranaense deu a volta por cima. Hélio não só pagou todas as dívidas anteriores, como construiu uma sede própria para a Federação. Dia destes vou visitar o presidente Hélio Curi e conhecer as novas instalações, depois volto ao assunto com detalhes para vocês.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.