conecte-se conosco

Trânsito

Viaduto do KM-5 será inaugurado pelo governador Ratinho Júnior hoje

Novo viaduto vai organizar tráfego em trecho que mais de 400 mil caminhões por ano, o que representa mais de 120 mil toneladas de cargas

Publicado

em

Obra foi realizada com recursos de R$ 12,7 milhões da Portos do Paraná e administrada pelo DER-PR

Na quinta-feira, às 11h, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior inaugura o novo viaduto na entrada de Paranaguá, localizado no KM-5 da BR-277. A obra, administrada pelo DER, recebeu o total R$12,7 milhões de investimentos da Portos do Paraná. O tráfego de veículos no local foi liberado pela concessionária Ecovia na sexta-feira, 4.

A obra faz parte do entroncamento da BR-277 ao Pátio de Triagem e ao Porto de Paranaguá pela Avenida Bento Rocha. “O viaduto tem 906 metros de extensão e inclui uma linha principal de chegada e saída e acessos ao seu entorno. Ele tem 6 metros de altura e mais de 7 metros de largura”, explica em nota a Portos do Paraná.

Segundo a assessoria, para concretizar a obra foram feitos serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem e obras de arte correntes, obra de arte especial, sinalizações vertical e horizontal, sinalização provisória e serviços complementares. As obras começaram em julho de 2018.

“O viaduto vai organizar o tráfego pesado na entrada de Paranaguá, principal centro de escoamento da produção agrícola e industrial do Estado. O trecho recebe mais de 400 mil caminhões por ano, o que representa mais de 120 mil toneladas de cargas”, destaca a assessoria da empresa Portos do Paraná.

VIADUTO NELSON BUFFARA

O novo viaduto leva o nome do deputado estadual Nelson Buffara, que também já foi vereador em Paranaguá.

OUTRAS OBRAS

Segundo a empresa Portos do Paraná e o Governo do Estado, há a previsão de outras obras para equilibrar a relação entre Porto e cidade e o fluxo de veículos em Paranaguá. Uma delas já está em execução, a revitalização da Avenida Bento Rocha, entre a ponte do Rio Emboguaçu e a interseção com a Avenida Portuária, com investimento de R$ 15,9 milhões. A via em questão possui um tráfego intenso de caminhões que descarregam no porto e será totalmente reformada com nova iluminação, sinalização e recuperação de pavimento, além de uma nova ciclovia.

Também há a intenção de melhorar a Avenida Ayrton Senna, que é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) do Governo Federal. Mas, para isso, ainda é preciso elaborar um projeto de execução.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta