Connect with us

Segurança

Prédio da 1.ª SDP de Paranaguá deve se tornar somente presídio em 2019

Depen já iniciou planejamento para reforma do espaço, isolamento da área de delegacia e da carceragem e reforçou efetivo de agentes penitenciários no local

Publicado

em

Depen afirma que com a entrega da Delegacia Cidadã n o Aeroparque no primeiro semestre de 2019, Polícia Civil deixará sede da área central do município

Desde o início de novembro, a carceragem da 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá (1.ª SDP) passou a ser responsabilidade do Departamento Penitenciário (Depen) da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SESP), deixando de ser gerida pela Polícia Civil. Segundo o Depen, está sendo realizando um amplo levantamento para realizar reparos na unidade e o efetivo de agentes penitenciários já foi reforçado na carceragem para atendimento dos presos. Outro fato que deve alterar o cenário penitenciário local é a construção da Delegacia Cidadã no Aeroparque, que será o centro administrativo da Polícia Civil, sendo que o local onde fica a 1.ª SDP, atualmente na região central de Paranaguá, será apenas presídio, de acordo com o Depen.

“Com a construção da Delegacia Cidadã, todo o imóvel deve ser utilizado exclusivamente pelo Depen”, afirma a assessoria em nota. O Depen também ressalta que está realizando atualmente levantamento das necessidades de reparo no local, bem como adequação do prédio da 1.ª SDP para separar atividades que sejam de competência da Polícia Civil e dos agentes penitenciários. “Com a gestão da carceragem pelo Depen, os acessos à carceragem serão fechados, impedindo a passagem de policiais civis à carceragem, e por sua vez, também de servidores do Depen à Delegacia. Uma reforma será realizada com o objetivo de melhorar as condições da instalação”, explica a assessoria.

O departamento da SESP afirma que a incorporação da carceragem visa a aprimorar o trabalho e oferecer melhores condições aos presos. “Inclusive haverá a possibilidade de fazer uma classificação prévia desses detentos para encaminhá-los para uma penitenciária de acordo com seu perfil. Está prevista ainda a instalação de salas para web-audiências para que não haja mais a necessidade de deslocamento do preso para audiências judiciais”, ressalta.

Delegacia Cidadã, que está em construção no Aeroparque, será entregue em 2019 e será a nova sede da Polícia Civil em Paranaguá

REFORÇO 

De acordo com o Depen, a Polícia Civil não atua mais com agentes na carceragem de Paranaguá. “Apesar de a Polícia Civil ainda utilizar o mesmo imóvel que o Depen, o que ocorre com a construção da Delegacia Cidadã, os policiais civis deixam de atuar na carceragem”, complementa. De acordo com o ente, por motivo de segurança, a quantidade de agentes atuantes na unidade prisional de Paranaguá e em outras pelo Estado não é divulgado pela SESP. “Recentemente, foram contratados 1.156 agentes de cadeia pública por processo seletivo (PSS), distribuídos para todo o Estado, inclusive na cidade de Paranaguá. Essa contratação já previa a incorporação dessas carceragens e, com isso, a garantia plena dos serviços”, explica a assessoria.

PRINCÍPIO DE TUMULTO 

Na segunda-feira, 19, um princípio de tumulto foi registrado na carceragem da 1.ª SDP, onde presos de uma ala teriam isolado um dos detentos de outro setor, impedindo-o de tomar café da manhã em virtude de um atrito com o indivíduo. A ocorrência foi contornada pela própria Depen e Polícia Civil e com atuação posterior da Polícia Militar e outras autoridades de segurança que realizaram uma operação “pente-fino” no local. “Trata-se de um caso isolado de um preso que se exaltou e precisou ser retirado. Não houve danos e ninguém se feriu. Ontem uma revista geral de rotina também foi realizada pela Polícia Militar”, afirma o Depen sobre a ocorrência. 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.