Connect with us

Segurança

Litoral do Paraná encerra 2019 com 100 homicídios registrados

Paranaguá foi o município com mais número de casos, seguido de Guaratuba e Matinhos

Publicado

em

Através da editoria Polícia, a Folha do Litoral News divulgou as notícias de homicídios e latrocínios ao longo de todo ano de 2019. O acumulado do ano passado, do mês de janeiro a dezembro, foi de 100 casos. O levantamento mostra uma leve queda quando comparado com o ano de 2018, quando 113 casos foram registrados, de acordo com dados oficiais das estatísticas da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp).

Com relação aos municípios, em 2019, Paranaguá é o município com mais casos (54), seguido de Guaratuba (16), Matinhos (13), Pontal do Paraná (7), Morretes (5) e Antonina (5). De forma individual, Paranaguá teve redução, de 2018 para 2019, de 67 para 54 casos. Guaratuba passou de 17 (2018) homicídios, para 16 (2019). Em Matinhos, o índice caiu, de 18 (2018) para 13 (2019). Pontal do Paraná foi de 9 para 7; Morretes não registrou nenhuma morte violenta em 2018 e, em 2019, foram 5; e, Antonina, passou de 2 (2018) para 5 (2019).

O único município do litoral do Paraná que não registrou homicídio em 2019 foi Guaraqueçaba. Em 2018, apenas um caso foi registrado no mês de junho.

A Sesp considera para a formulação da estatística os índices de homicídios dolosos, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesão corporal que tenha resultado em morte.

Primeiro homicídio foi registrado em Guaratuba, na noite do dia 5 de janeiro, quando um homem de 65 anos foi morto a tiros

PRIMEIRO REGISTRO EM 2020

O litoral do Paraná já contabilizou o primeiro homicídio em 2020. O caso ocorreu em Guaratuba, na noite do dia 5 de janeiro, na localidade rural conhecida como Estrada do Caovi, no bairro Cubatão, próximo à divisa com o Estado de Santa Catarina.

A vítima foi João Maria de Lima, de 65 anos, assassinado com disparos de arma de fogo. Os tiros teriam atingido a região das costas e o braço direito. Familiares da vítima relataram que ele chegava em casa quando foi surpreendido pelo assassino que estaria armado com uma espingarda. O suspeito fugiu logo em seguida. O caso está em investigação pela Polícia Civil de Guaratuba.

SEGURANÇA PÚBLICA

O pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e especialista em segurança pública, Daniel Cerqueira, analisou o que é preciso fazer para melhorar a segurança no Brasil.

“Nós podemos olhar as boas experiências internacionais e nacionais que deram certo. Segurança pública é algo que depende da união de vários esforços do Estado, empresários, comunidades envolvidas, é preciso haver uma articulação de todos esses atores sociais e políticos”, afirmou Cerqueira.

O Ipea é responsável pela produção do Atlas da Violência, um documento que traz a taxa de homicídios em todo o território nacional, com índices detalhados de crimes contra jovens, mulheres e a influência do peso da desigualdade social. As últimas estatísticas são de 2017 e estão disponíveis na página www.ipea.gov.br.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.