conecte-se conosco

Religiosidade

Origem da Fé: A história de devoção a Nossa Senhora do Rocio

Do encontro de Pai Berê com a imagem até os dias de hoje, registros reforçam a importância religiosa.

Publicado

em

A história de devoção a Nossa Senhora do Rosário do Rocio já faz parte do dia a dia do parnanguara e dos fiéis que já têm como hábito visitar a imagem da padroeira do Paraná. Tanto que a festividade em louvor à santa já se tornou patrimônio imaterial, título empregado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no ano passado.

PESCADORES E A IMAGEM

No entanto, essa história data de muitos anos atrás. Pesquisadores da área afirmam que a primeira imagem da santa apareceu às margens da baía onde se encontra hoje o Santuário. Pescadores que se dedicavam à atividade, um deles chamado Pai Berê, não conseguiam pegar sequer um peixe e, já descontentes, suplicaram a ajuda dos céus. Na última vez em que a rede foi puxada, ao invés de peixes, Pai Berê notou que havia uma pequena imagem saindo das águas.

Então, os pescadores recolheram a imagem e começaram a ter êxito na pesca. Para agradecer, eles se reuniam em torno da imagem encontrada. O registro mais antigo é de 1686, quando já havia muitos devotos no bairro Rocio.

CONSTRUÇÃO DO SANTUÁRIO

A data de construção do Santuário se confunde com a data da primeira festa, em 1813. Abençoada pelo padre Manuel de Santo Tomaz, Nossa Senhora do Rocio recebeu a primeira festa em seu louvor.

Devido às graças e milagres alcançados, diversos municípios do Estado se manifestaram para que a santa fosse proclamada padroeira do Paraná. O governador na época, Bento Munhoz da Rocha Neto, junto à Assembleia Legislativa e o prefeito de Paranaguá, Dr. Roque Vernalha, uniram forças para que a vontade do povo fosse atendida. Sendo assim, em 1977, a Assembleia Legislativa declarou Nossa Senhora do Rocio como padroeira oficial do Estado do Paraná.

Em 1999, o Santuário tornou-se polo do turismo religioso do Paraná pelo Governo do Estado na época. Em 2007, a Festa em louvor à padroeira entrou no calendário do município e, em 2014, entrou no calendário oficial do Estado.

MILAGRES

Um dos milagres registrados foi o fim da peste que assolava a população em 1886, as curas individuais e coletivas continuaram com o passar dos anos, assim como na peste bubônica, 1901, e da gripe espanhola, em 1918. Há, ainda, registros de marinheiros que passaram por tempestades graças aos pedidos realizados a Nossa Senhora do Rocio.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.