conecte-se conosco

Religiosidade

Crianças e adolescentes expressam a fé em Nossa Senhora do Rocio 

Devotos mirins relatam a dedicação à padroeira do Paraná.

Publicado

em

A fé em Nossa Senhora do Rocio começa cedo, sendo transmitida através das gerações e fortalecida diariamente nas missas e novenas. As catequistas que atuam no Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio, Miriam Santos e Camila Cordeiro, contam que todos os anos a procura é grande pela Eucaristia. 
Independente da época da festa, as crianças têm participação ativa na programação do Santuário. A Folha do Litoral News conversou com algumas crianças e adolescentes que frequentam as aulas no local. Elas contaram sobre suas manifestações de fé. 

 


MILAGRE DA VIDA 

Augusto de Souza Neto, 9 anos, nasceu de um milagre, ou seja, durante a gravidez, sua mãe ficou doente e os médicos chegaram a dizer que o bebê poderia nascer com algum problema. A mãe, professora Soraya Souza, contou que foi uma gravidez muito difícil, mas superou através da fé em Nossa Senhora do Rocio. Ela fez um pedido e foi atendida.
Augusto nasceu em janeiro de 2009, saudável, e hoje está na catequese. Prestes a completar 10 anos, o menino sempre soube da história de seu nascimento e hoje não falta às missas e todos os dias faz orações. Augusto vai à igreja com seu irmão, Arthur Ribeiro Henrique, de 14 anos, que está terminando a Crisma. “Somos devotos de Nossa Senhora do Rocio e não faltamos às missas. Moramos no Parque São João e a distância não impede quando existe fé”.

 


PEQUENO COROINHA 

Luan Dias Alves tem 8 anos e está no primeiro ano da catequese e uma das coisas de que mais gosta é ir às missas e ajudar nas atividades litúrgicas. “Eu quis ser coroinha por amor a Maria. Tenho fé e rezo todos os dias pedindo saúde para minha família”, contou.  

 

FAMÍLIA EM SINTONIA 

Allana Dias Alves, de 14 anos, é irmã de Luan Alves. Ela começou a frequentar as missas quando era criança. “Eu comecei a vir com a minha vó nas novenas, gostei muito porque me sentia bem. Em seguida, trouxe meus pais e hoje todos viemos juntos, a família toda. Estamos sempre presentes nas novenas do Santíssimo e nas missas. Somos uma família unida pela fé”, conta a jovem. 

 


DEVOTA AOS 7 ANOS 

Gabrielle Cordeiro Mariano tem 7 anos e é a coroinha mais nova do Santuário de Nossa Senhora do Rocio. Ela conta que sempre teve muita fé em Nossa Senhora e não lembra de ter faltado à missa. Gabrielle está fazendo a catequese e nesse ano iniciou as atividades de coroinha. “Eu rezo todos os dias para Deus e Maria, peço saúde e proteção para minha família, porque eles são importantes em minha vida”, destacou.

 


A FÉ TRAZ FELICIDADE

Murilo Santiago Cardoso tem 11 anos e está no segundo ano da catequese. Ele conta que depois que ingressou nas atividades religiosas a vida ficou melhor. “Junto com Maria somos mais felizes porque a fé traz muitas coisas boas para nós. Venho às missas com a minha família e aprendi com eles a ter essa devoção”, contou.

 


IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO 

Marcela Cristina tem apenas 8 anos, mas já sabe a importância da oração e da fé junto à igreja. Ela está fazendo catequese e espera com ansiedade a primeira comunhão. “Todos nós devemos rezar todos os dias porque assim ficamos mais perto de Deus”. 

Continuar lendo
Publicidade